Você está lendo...
Vídeo: novo Hyundai HB20S é um mini Elantra e está bem mais seguro
Avaliação

Vídeo: novo Hyundai HB20S é um mini Elantra e está bem mais seguro

Com visual mais sofisticado, seis airbags e novos recursos de segurança, Hyundai HB20S sobe de nível para desbancar líder Chevrolet Onix Plus

Diogo de Oliveira

21 de set, 2022 · 8 minutos de leitura.

Publicidade

Hyundai HB20S sedãs carro popular
Hyundai HB20S ganha desconto de até R$ 6.400 no dia 21 de outubro
Crédito:Diogo de Oliveira/Estadão

Embora seja uma reestilização, o novo Hyundai HB20S, que chegou às lojas brasileiras no fim de agosto, subiu de nível em estilo, segurança e conectividade. Por fora, o sedã compacto tem a mesma frente do hatch HB20, com visual mais sóbrio. Porém, a traseira é arrojada e tem lanternas unidas e iluminadas de ponta a ponta. O visual lembra o estilo dos novos Elantra e Tucson, bem como se parece bastante com as lanternas do mini SUV Venue.

Com esse conjunto óptico mais moderno e ousado, o novo HB20S não passa despercebido nas ruas. Em nosso primeiro contato, o sedã atraiu muitos olhares, alguns deles surpresos sobretudo com as linhas da traseira. No geral, o sedã amplia a percepção de valor com itens como as novas rodas de liga leve de 16 polegadas, que preenchem melhor as caixas de rodas. Ou mesmo o inédito sistema de abertura do porta-malas por aproximação.

Publicidade


Novo Hyundai HB20S
Diogo de Oliveira/Estadão

Mesma cabine, mais recursos

Por dentro, a Hyundai praticamente não mexeu no modelo, assim como no hatch. O painel tem o mesmo visual de antes e a única diferença para o HB20 é que o sedã tem opção de interior claro. Mas há algumas boas novidades a bordo. Para começar, o HB20S agora traz de série seis airbags em vez de quatro bolsas infláveis. Ou seja, tem airbags do tipo cortina, que protegem os passageiros que vão no banco traseiro e cobrem toda a área das janelas das portas.

Novo Hyundai HB20
Diogo de Oliveira/Estadão

As principais novidades são exclusivas da versão Platinum Plus que avaliamos no JC. Dessa forma, quem procurar pelas versões mais baratas encontrará um modelo bem mais simples. É o caso, por exemplo, do novo quadro de instrumentos. Ele parece uma tela de 10", porém, traz um pequeno visor central que com hodômetro e demais dados do veículo, como o consumo. Mas os instrumentos nas laterais são fixos e apenas mudam de cor (de azul para vermelho).

Diogo de Oliveira/Estadão

Outro novidade importante é a multimídia de 8", que agora tem conexão sem fio com celulares Android e Apple. Na linha anterior, essa tela já era conectada à internet. A novidade é que a Hyundai estendeu a gratuidade dos serviços conectados da marca de forma retroativa para todos os usuários por três anos. Há central de atendimento dedicada, botão SOS para emergências e comandos remotos a partir do aplicativo no smartphone.


Novo Hyundai HB20
Diogo de Oliveira/Estadão

Motor 1.0 turbo não muda

Em relação ao desempenho, a linha 2023 do HB20S não traz mudanças. O sedã mantém no topo da gama o motor Kappa 1.0 flex de três cilindros e injeção direta. Ele rende 120 cv de potência e um torque de 17,5 mkgf combinado ao câmbio automático de seis marchas. Com este conjunto mecânico, o sedã da Hyundai faz médias de 8,6 km/l e 10,9 km/l (cidade/estrada) com etanol. E com gasolina no tanque, são 12,3 km/l e 15,5 km/l, na mesma ordem.

Novo Hyundai HB20S
Diogo de Oliveira/Estadão

Para comparação, o arquirrival Onix Plus com motor 1.0 turbo de 116 cv faz 8,4 km/l (cidade) e 12,2 km/l (estrada) com o combustível de origem vegetal, e 12,3 km/l e até 16,8 km/l com o combustível fóssil. Ou seja, o modelo da Chevrolet bebe mais com etanol na cidade, e menos com gasolina na estrada. De resto, são parelhos. Mas há um ponto de vantagem para o HB20S: o sedã da marca sul-coreana tem paddle-shifts no volante para trocas manuais.

HB20S com preço de Honda City

A disputa direta evidentemente é contra o Chevrolet Onix Plus, mas, com a reestilização, o HB20S também encosta no novo City. Este tem preços maiores, que vão atualmente de R$ 114.300 até R$ 132.200. Ou seja, avança bem em relação ao Hyundai, que custa R$ 120.990 na versão mais cara Platinum Plus. Mas o Honda trocou de geração e cresceu de tamanho, principalmente no entre-eixos, que tem 2,60 metros ante 2,53 m do HB20S.


Novo Hyundai HB20S
Diogo de Oliveira/Estadão

Além do espaço interno maior, o novo City tem 519 litros de capacidade volumétrica no porta-malas. No sedã da Hyundai são 475 litros, bem mais que a maioria dos SUVs compactos, por exemplo. Já o Onix Plus tem 469 litros no compartimento e os mesmos 2,60 m de entre-eixos do Honda City. O Chevrolet é o mais barato dos três, com preço de R$ 107.760 na versão "Premier 2", a mais completa. Porém, não traz os recursos semiautônomos.

Novo Hyundai HB20S
Diogo de Oliveira/Estadão

Vale a compra?

Com todas as mudanças feitas pela Hyundai, o HB20S está bem mais interessante, não só no visual, que entrega sofisticação, mas também nos conteúdos. O sedã agora tem, a depender da versão, até três entradas de USB de carregamento rápido, ar-condicionado digital e automático, e partida remota do motor pela chave. O 1.0 turbo flex, por sua vez, vai bem no sedã e entrega ótimo fôlego e bom consumo com o câmbio automático de seis marchas.



O Jornal do Carro está no Youtube

Inscreva-se

Prós

  • Visual ousado e moderno deixou o HB20S bem mais interessante, assim como os seis airbags e os novos recursos de segurança e conectividade

Contras

  • Sedã da linha HB20 tem a cabine justinha com seus 2,53 metros de entre-eixos e o acabamento, embora bem feito, não enche os olhos

Ficha Técnica

Hyundai HB20S Platinum Plus 1.0 turbo flex AT6

Motor

1.0 12V, três cilindros, injeção direta, turbo flex

Potência

120 cv a 6.000 rpm

Torque

17,5 mkgf a 1.500 rpm

Câmbio

Automático de seis marchas; tração dianteira

Comprimento

4,32 m

Largura

1,72 m

Altura

1,47 m

Entre-eixos

2,53 m

Porta-malas

475 litros

Tanque de combustível

50 litros

Rodas e pneus

195/55 R16, liga leve

Peso (ordem de marcha)

1.137 kg

Aceleração 0-100 km/h

10,7 segundos

Velocidade máxima

191 km/h

Consumo urbano

8,6 km/l (E) e 12,3 km/l (G)

Consumo rodoviário

10,9 km/l (E) e 15,5 km/l (G)

Hyundai Creta New Generation Comfort Plus
Oferta exclusiva

Hyundai Creta New Generation Comfort Plus

Deixe sua opinião