Você está lendo...
Volkswagen começa a produzir a nova Kombi elétrica na Alemanha
Mercado

Volkswagen começa a produzir a nova Kombi elétrica na Alemanha

Volkswagen vai produzir 15.000 unidades da ID.Buzz nas versões de passageiros e furgão até o fim de 2022; depois, produção vai para 130.000

Vagner Aquino, especial para o Jornal do Carro

04 de jun, 2022 · 4 minutos de leitura.

Volkswagen
Nova Kombi se junta aos modelos a combustão Multivan (T7) e Transporter (T6.1) na fábrica de Hannover
Crédito:Volkswagen/Divulgação

Após iniciar a pré-venda e revelar preços salgados para os padrões brasileiros, a Volkswagen começou a produzir a van ID.Buzz na reformada fábrica de comerciais leves em Hannover, na Alemanha. Em um rápido paralelo com a velha Kombi, a imagem é histórica. Ela marca o retorno de um ícone da VW e da indústria de carros.

Volkswagen
Volkswagen/Divulgação

Porém, a despeito da inspiração no modelo original, a Kombi elétrica é um projeto bastante moderno, com plataforma modular (MEB) 100% elétrica, novo conceito de interior e tecnologias avançadas por todos os lados. Isso explica, evidentemente, porque a ID.Buzz tem preços que superam os R$ 300 mil. As entregas na Europa começarão no último trimestre do ano. Já nos EUA, a espera será mais longa. As vendas começarão no fim de 2023.


Para cumprir o cronograma na Europa, a Volkswagen precisou garantir fluidez na montagem do modelo. Dessa forma, a marca treinou cerca de 4.000 funcionários. Ao longo de 2022, a ideia é montar até 15.000 unidades nas versões de passageiros e de cargas. Então, o volume aumentará até alcançar as 130.000 unidades de capacidade máxima.



Mudanças no modelo norte-americano

O VW ID.Buzz usa motor elétrico traseiro de 204 cv e 31,6 mkgf de torque instantâneo. Com ele, a velocidade máxima é limitada em 145 km/h e o zero a 100 km/h leva 10,2 segundos.

Volkswagen
Volkswagen/Divulgação

Equipada com um pacote de baterias de 77 kWh, a Kombi elétrica tem autonomia para percorrer 420 km. Com recargas rápidas, pode recuperar de 5% a 80% da energia em apenas 30 minutos em estações de alta potência, com 170 kW - algo ainda raro no Brasil.

ID.Buzz
Volkswagen/Divulgação

Mas a Kombi que não emite gases na atmosfera será feita também nos Estados Unidos. Entretanto, a ideia é produzir uma versão diferente por lá, com mais espaço para acomodar três fileiras de assentos. Dessa forma, a van deve pular dos atuais 4,71 metros para quase 5 metros de comprimento. Ou seja, poderá levar até sete pessoas a bordo. Hoje - ao contrário da Velha Senhora - há 5 assentos. A ID.Buzz poderá, ainda, ter tração AWD na configuração com dois motores elétricos - eles ficam instalados um em cada eixo. Assim, espera-se potência de 300 cv.


O Jornal do Carro está no Youtube

Inscreva-se
Deixe sua opinião