Você está lendo...
Volvo XC60 e XC90 ganham desempenho e nova bateria; veja os preços
Lançamentos

Volvo XC60 e XC90 ganham desempenho e nova bateria; veja os preços

Dupla de SUVs premium da Volvo dá salto de desempenho, com ganhos de potência e torque, e traz baterias mais modernas e com maior capacidade

Vagner Aquino, Especial para o Jornal do Carro

01 de jun, 2022 · 10 minutos de leitura.

Volvo XC60 e XC90
Novos Volvo XC60 e XC90 trazem pacote de baterias mais robusto e motor elétrico bem mais potente nas versões híbridas do tipo plug-in
Crédito:Volvo/Divulgação

A meta da Volvo é transformar toda a sua frota em modelos 100% elétrico até 2030. Para dar mais um passo nessa direção, a marca sueca acaba de lançar no Brasil a linha 2023 da dupla XC60 e XC90. E a novidade está, justamente, na maior eficiência energética e do conjunto híbrido. Os SUVs estão mais potentes, mas sem subir os preços.

Por fora, a dupla de utilitários premium não mudou em nada. Continua com o belíssimo design da linha 2022. Destaque para os faróis iluminados por LEDs e com formato de "martelo de Thor". E para as lanternas que sobem pelas colunas. Para completar, as rodas de liga leve enormes deixam o visual dos modelos ainda mais imponente.

Entretanto, a novidade da linha 2023 é no sistema híbrido. A mudança veio tanto na autonomia, como no desempenho. A princípio, cabe recordar que XC60 e XC90 compartilham o mesmo motor 2.0 T8 turbo a gasolina combinado com um motor elétrico.


Volvo XC60 hybrid plug-in
Volvo/Divulgação

Potência de esportivo

O motor a combustão agora gera 317 cv de potência (antes, eram 320 cv) e 40,8 mkgf de torque. Entretanto, o motor elétrico dá um salto de 87 cv para 145 cv - um ganho de 65% na potência máxima. Dessa forma, a potência combinada é substancialmente maior, com 462 cv - antes, era entregues 407 cv. Ou seja, agora a dupla tem potência de esportivo. Para efeito de comparação, o muscle car Chevrolet Camaro dispõe de 406 cv de força.

Mas não é só isso. O torque do motor elétrico também aumentou. Foi de 24 mkgf para 31,5 mkgf. Assim, o torque combinado chega a robustos 72,3 mkgf. Assim, os SUVs ficam mais espertos, sobretudo nas arrancadas e retomadas de velocidade. Vale lembrar que, por serem híbridos plug-in, no modo 100% elétrico o torque é imediato, o que dá ainda mais agilidade. Conforme dados da Volvo, o XC60 acelera de zero a 100 km/h em 4,8 segundos.


Volvo XC90 hybrid plug-in
Volvo/Divulgação

Nova bateria

Além do ganho no desempenho, os novos XC60 e XC90 trazem baterias 62% mais potentes. Agora, o pacote tem capacidade de 18.8 kWh. Isso melhora a autonomia dos SUVs em modo elétrico. O XC60 agora alcança 78 km usando apenas eletricidade (um ganho de 73%), enquanto o XC90 chega a 71 km (+61%). Antes, as autonomias eram de 45 km e 44 km, respectivamente. Ou seja, é possível rodar no dia a dia só com eletricidade.

Com mais autonomia elétrica, a Volvo Cars estima uma redução de 50% na emissão de CO2 na atmosfera. A marca anuncia novas tecnologias de construção das baterias, que passam a ter três camadas de células. Assim, entregam maior capacidade de armazenamento, porém com o mesmo tamanho.


Volvo XC60 hybrid plug-in
Volvo/Divulgação

"A Volvo Cars será totalmente elétrica até 2030. Aqui no Brasil, toda a nossa frota já é híbrida ou elétrica, somos líderes em vendas nesse segmento e estamos investindo em infraestrutura urbana e rodoviária para viabilizar o acesso das pessoas aos modelos", explica Rafael Ugo, diretor de Marketing da Volvo Car Brasil. E mais: "Teremos uma nova fábrica de baterias na Suécia", destaca João Oliveira, diretor geral de operações e inovação da Volvo Car Brasil. Segundo o executivo, o plano é não depender de fornecedores, para evitar impactos como a escassez de chips que atrapalha a indústria atualmente.



Primeiras impressões

O test-drive de lançamento dos novos Volvo XC60 e XC90 foi na Ruta 40, na Patagônia (Argentina). Mesmo nas estradas escorregadias e cheias de neve, os SUVs transmitem a segurança que se espera. Mas uma coisa é nova. No XC60 é possível dirigir com apenas um pedal. O modo "One Pedal Drive" permite usar somente o acelerador. Ao aliviar o pedal, o sistema inicia a desaceleração e a regeneração de energia. Funciona como um freio motor.


XC90 hybrid plug-in
Volvo/Divulgação

Beleza e conteúdo do lado de dentro

Além de acabamento caprichado, que combina materiais sofisticados como couro ecológico e aço escovado, o destaque da dupla de SUVs premium da Volvo é a tela central. Com disposição vertical e 9 polegadas, ela reúne a maioria dos sistemas, como som e climatização (ar-condicionado digital com quatro zonas e purificador), por exemplo. Assim, eliminam os botões físicos, que são poucos em ambos os SUVs, e deixam o painel mais limpo.

Mas é o sistema Google Automotive Services, com internet integrada e aplicativos e serviços, que faz a diferença. Com o Assistente Google, os motoristas podem dar comandos de voz sem tirar os olhos da estrada - e as mãos do volante. O assistente pode, por exemplo, controlar a temperatura, definir um destino, tocar uma música e até controlar elementos em uma casa conectada. É possível acender as luzes de casa por meio da tecnologia do carro.


XC60 hybrid plug-in
Volvo/Divulgação

Mais segurança e tecnologia de ponta

Nas versões Inscription, R-Design e Polestar, a dupla tem ainda sistema de câmeras 360º. Elas facilitam bastante as manobras de estacionamento em qualquer ambiente. Outro item interessante a bordo é o Head Up Display, que também aumenta a segurança ao volante e evita distrações. Com ele, há projeção dos dados do quadro de instrumentos (digital de 12,3") no para-brisas. Ou seja, torna desnecessário tirar os olhos da via.

A lista de equipamentos, por sinal, é vasta. Tem, por exemplo, carregador de smartphone por indução, assistente de estacionamento, suspensão a ar e cinco modos de condução. Inclusive, conseguimos usar a função "neve" neste primeiro contato com os SUVs. E é uma mão na roda, afinal, melhora a aderência e as respostas em piso escorregadios.


Outro sistema interessante é o Ready to Drive, que emite um alerta caso o trânsito à frente ande e o motorista ainda não tenha partido. Todavia, o Emergency Stop Assist faz o contrário. Caso o motorista não reaja a nenhum dos alertas de colisão, ele aciona os freios com força total. No mais, XC60 e XC90 continuam com reconhecimento de pedestres, ciclistas e animais. Confira abaixo os preços e versões dos dois SUVs de luxo da marca sueca:

Volvo XC60

Inscription Expression - R$ 399.950 (ainda linha 2022)
Inscription - R$ 429.950
R-Design - R$ 439.950
T8 Polestar - R$ 466.950

Volvo XC90

Inscription Expression - R$ 509.950
Inscription - R$ 553.950
R-Design - R$ 563.950


O Jornal do Carro está no Youtube

Inscreva-se