Você está lendo...
VW pode interromper produção do Golf no Brasil
Notícias

VW pode interromper produção do Golf no Brasil

Presidente da VW afirma que produção do Golf no Brasil pode ser interrompida por causa das baixas vendas de hatches médios

Redação

24 de jul, 2017 · 4 minutos de leitura.

golf no brasil
Em baixa
Crédito:Vendas do Golf no Brasil são prejudicadas pela queda no segmento de hatches médios (Foto: Daniel Teixeira/Estadão)
golf no brasil

A Volkswagen do Brasil estaria estudando paralisar a produção do Golf na fábrica de São José dos Pinhais, no Paraná. Em entrevista ao site Automotive Business, o presidente da filial brasileira da empresa, David Powels, disse que quer, antes de tudo, gerar lucro.

Para isso ele estaria disposto até a interromper a fabricação do hatch médio.

 


LEIA TAMBÉM

O executivo disse, segundo informações do site, que pretende fazer com que a empresa retome o segundo lugar em vendas no Brasil. Além disso, ele quer recolocar as finanças da companhia no azul.

Desde que Powels assumiu a direção, em 2015, a Volkswagen do Brasil vem operando no vermelho.


Para atingir os objetivos, Powels disse que a continuidade da fabricação no Paraná do Golf não está garantida para os próximos anos. A razão é a queda nas vendas do segmento.

Atualmente, os hatches médios respondem por menos de 2% do emplacamento geral no mercado brasileiro, segundo o executivo.

LINHA DE PRODUÇÃO


Parte da capacidade da fábrica do Paraná será destinada à fabricação de um novo utilitário-esportivo (SUV). O modelo inédito será feito sobre a plataforma MQB, a mesma do Golf.

Provavelmente, ele ficará bastante parecido com o T-Roc. Esse modelo conceitual foi revelado pela Volkswagen no Salão de Genebra (Suíça) no ano passado.

A planta do Paraná é compartilhada com a Audi. Lá, a montadora de carros de luxo produz o SUV Q3 e o sedã A3.


MERCADO

No primeiro semestre deste ano, o Golf foi segundo colocado de um segmento que, hoje, tem apenas três representantes relevantes. O VW teve apenas 2.461 unidades vendidas de janeiro a julho.

O primeiro colocado foi o Chevrolet Cruze Sport6. O mais novo hatch médio do País registrou 3.222 emplacamentos. O terceiro colocado, Ford Focus, teve 2.115 exemplares comercializados.


Para comparação, o líder dos sedãs médios, Toyota Corolla, registrou 29.188 emplacamentos no mesmo período. O SUV mais vendido, Honda HR-V, teve 23.218 vendas.

Em comunicado, a Volkswagen, no entanto, negou qualquer intenção ou planos de interromper a produção do Golf no Brasil.

VEJA TAMBÉM: 5 RAZÕES PARA COMPRAR O GOLF. E 5 PARA NÃO COMPRAR


Deixe sua opinião