Notícias

Arábia Saudita passa por transformações e exibe frota de alto luxo

Mulheres acabam de receber permissão para dirigir na Arábia Saudita e prometem mudar mercado local

Redação

20 de jun, 2018 · 5 minutos de leitura.

arábia saudita" >
Mercado de luxo é destaque entre os carros árabes; mulheres já podem dirigir no país
Crédito:Foto: Tasneem Alsultan/The New York Times
arábia saudita

O mercado de automóveis na Arábia Saudita está prestes a sofrer grandes mudanças. Em junho passado o país acabou com a medida que proibia mulheres de dirigir por lá.  A decisão do príncipe Mohammed bin Salman deve abrir novas frentes no deverá causar uma pequena revolução no mercado saudita.

Além dos carros esportivos e SUVs de alto luxo que fazem sucesso no rico país produtor de petróleo, as ruas sauditas devem receber novas motoristas com gostos mais diversos. Segundo o jornal inglês Financial Times, a primeira autoescola direcionada a mulheres recebeu nada menos que 165 mil pedidos de matrículas em apenas três dias. O número mostra a enorme demanda reprimida de novas motoristas e prováveis novas proprietárias.

Na Arábia Saudita, comprar o primeiro carro é considerado um "rito de passagem" para os homens. E as mulheres do país parecem ansiosas para participar do mesmo rito. Tanto que várias marcas já lançaram campanhas publicitárias destinadas ao público e devem começar com ações específicas para vendas.

Propaganda

A GM, que vende as marcas Chevrolet e GMC no país, já contratou uma executiva de propaganda saudita para liderar as campanhas da marca por lá. O importador oficial da Toyota já afirmou que vai dedicar partes dos showrooms para atendimento exclusivo à mulheres, feito por mulheres.

A mudança, no entanto, tem motivações além de atrair novas consumidoras. A lei do país segrega homens e mulheres que não têm qualquer relação de terem qualquer tipo de contato. Por isso, mulheres só podem ser atendidas por outras mulheres.

Embora as pesquisas iniciais apontem que o público feminino saudita tenda a preferir inicialmente carros menores e mais práticos, a Ford acredita que modelos de luxo também estarão na mira das novas motoristas, de acordo com o Financial Times.

Loja a céu aberto

Ademais, o reino encravado deserto do Oriente Médio é uma verdadeira loja de carros de luxo a céu aberto. Ver Ferraris, Lamborghinis e toda sorte de carros exóticos é algo fácil nas ruas sauditas.

Além disso, a variedade de opções impressiona. Praticamente qualquer carro fabricado por qualquer marca ao redor do mundo está à venda no país. Desde superesportivos exóticos, "hot hatches" europeus e modelos de alto luxo, como Rolls Royce e Bentley, podem ser configurados e importados para a Arábia Saudita.

Abandonados

No entanto, outra visão comum é a de carros abandonados ao relento, incluindo modelos muito raros e caros. Apenas em Jidá foram recolhidos 31 mil carros abandonados em 2017 e o problema cresce a cada ano. A administração pública identifica ainda riscos envolvendo os carros abandonados. Entre carros largados em acostamentos, ruas estreitas e estacionamentos privados, eles se tornam focos de doenças e podem ferir principalmente crianças que brincarem ao redor.