JOSÉ ANTONIO LEME

29.04.2020 | 5:00 Atualizado: 28.04.2020 | 19:36

Como evitar o coronavírus trabalhando sobre duas rodas

Moto e bolsa também precisam ser higienizados por quem trabalha com entregas para evitar contaminação por coronavírus

coronavírus
ENTREGADOR USANDO MÁSCARA SOB O CAPACETE Crédito: TIAGO QUEIROZ / ESTADÃO
Carro

Vai comprar um 0km? Nós te ajudamos a escolher.

Com o isolamento social, bares e restaurantes ficaram vazios, mas o sistema de entrega continua funcionando à toda força por aí e por isso é preciso que entregadores e motoboys também tenham como se proteger do coronavírus para evitar o contágio ao receber e entregar produtos para clientes.

As regras básicas não fogem do usual que é indicado para quem está em casa isolado e para quem está trabalhando, e que foram estabelecidas pela Organização Mundial de Saúde (OMS) com base em estudos. Lavar as mãos sempre que possível, por cerca de 20 segundos com água e sabão – e se não for possível fazer uso de álcool 70%, gel ou líquido.

Mas para quem passa o dia em cima da moto vai além disso. Por isso, a Associação Brasileira de Medicina do Tráfego (Abramet) divulgou uma cartilha para que entregadores, motoboys e ciclistas de aplicativos tenham dicas eficazes para evitar a contaminação.

coronavírus
TIAGO QUEIROZ/ESTADÃO

O contato com itens como as luvas, jaqueta, bolsa de entrega, capacete e a própria moto exigem outros cuidados extras de quem está guiando. Tanto é que com foco no cuidado com a saúde desses profissionais aplicativos de entrega mudaram regras, ofereceram álcool gel para uso.

Uma das indicações é utilizar máscara, mesmo durante a pilotagem. Pode ser a descartável ou as laváveis. No segundo caso, a indicação é trocar a máscara a cada duas horas ou quando estiver úmida. A umidade ajuda a derrubar a barreira e facilita a passagem do vírus.



Coronavírus: capacete

Em contato direto com o rosto, o capacete deve ser higienizado com frequência. A indicação é o uso de álcool líquido ou uma solução de água e sabão. Na falta desses itens, a Abramet indica também o uso de água sanitária que atende os requisitos para limpeza.

Ainda que com o isolamento o tráfego esteja mais livre, o que exige menos proximidade entre os veículos, a dica é evitar parar tão próximo de outra moto no semáforo, por exemplo. A associação pede, que se possível, evite também dar caronas. A proximidade entre as pessoas, apesar do uso de capacete pode aumentar o risco.

coronavírus
NILTON FUKUDA/ESTADÃO

Coronavírus: higienizar a moto

Guidom, manoplas e manetes têm contato direto com as mãos se o condutor estiver sem luvas de proteção para pilotagem. Essas peças também deve ser limpas, de preferência com uma solução de água e sabão. O álcool pode ressecar e tirar o acabamento das peças plásticas.

No caso das entregas com pagamento por máquina de cartão, o indicado pela Abramet também é higienizar a máquina, se possível usando um pano úmido. Até o equipamento de trabalho deve facilitar a limpeza. A indicação é para o uso de compartimentos de transporte lisos e com material lavável. Elásticos para prender a mercadoria também deve ser higienizados.

Inscreva-se no canal do Jornal do Carro no YouTube

Veja vídeos de testes de carros e motos, lançamentos, panoramas, análises, entrevistas e o que acontece no mundo automotivo em outros países!

Inscrever-se

Coronavírus: em casa

Os cuidados não devem ser tomados apenas durante o trabalho, mas também quando chega em casa. O indicado é deixar itens como a bolsa de entrega, capacete, luvas, jaqueta e calçado do lado de fora de casa ou próximo à entrada. Tudo isso deve ser desinfetado logo na chegada. A roupa, se não for possível deixar fora, separar em uma sacola logo na entrada. Chaves e celular também precisam ser limpos com álcool.

“Se os entregadores não estiverem protegidos e adotando as práticas de higienização, eles têm grande chance de se contaminar, uma vez que lidam diariamente com muitas pessoas. Por isso, é primordial que esses profissionais recebam recursos para garantir a sua proteção e orientação de como proceder corretamente para manter a sua saúde e de todos ao redor”, completou o diretor da Abramet, José Montal.

A Honda também usou suas redes sociais para criar um tutorial animado para os entregadores com dicas de cuidado e proteção com base nas indicações da OMS, Ministério da Saúde, Faculdade de Medicina da USP e o Hospital Sírio Libanês.

Notícias relacionadas


Ofertas 0KM

Mais ofertas

Mais ofertas exclusivas

Veja todas as condições especiais