Emily Nery, para o Jornal do Carro

08/04/2021 - 4 minutos de leitura.

Segway Apex H2 é a moto movida a hidrogênio desenvolvida com a Xiaomi

Moto da Segway que parece ter saído do filme Tron promete chegar ao mercado em 2023 . Ela é a primeira moto movida a hidrogênio do mercado.

Segway Apex H2 é a moto movida a hidrogênio que saiu do filme Tron
Segway Apex H2 é a moto movida a hidrogênio que saiu do filme Tron Crédito: Divulgação/Segway
Carro

Vai comprar um 0km? Nós te ajudamos a escolher.

Com um visual pra lá de futurista, a Segway, marca de e-scooters e hoverboards, apresentou a primeira moto movida a hidrogênio do mercado. A Apex H2 deve chegar às lojas só em 2023, mas desde já mexeu com o setor por um motivo em especial, que nada tem a ver com sua propulsão. A gigante da tecnologia Xiaomi participou do desenvolvimento deste audacioso projeto.

Não era segredo que a Xiaomi queria se aventurar no setor de mobilidade – mais especificamente no automotivo. Ocorre que a marca chinesa também resolveu investir na Ninebot, empresa dona da Segway. E essa parceria tem tudo para ser revolucionária.

Segway Apex H2 é a moto movida a hidrogênio que saiu do filme Tron
Divulgação/Segway

Antes visto em pouquíssimos modelos, como o Toyota Mirai, a propulsão de células de combustível de hidrogênio chegaram aos veículos de duas rodas. Além do visual bastante chamativo, com cores neons (à la “Tron”) e visual de moto esportiva, a Apex carrega rodas que parecem flutuar.

Suspensão semelhante à Yamaha GTS 1000

Para suspensão, o modelo ganha dois braços oscilantes – um na roda traseiro e outro na roda dianteira – uma sistema semelhante à suspensão RADD, utilizada na Yamaha GTS 1000 . Dentre os equipamentos, recebe uma faixa de LED no lugar dos faróis, e uma display digital de 7″ funciona como painel de controle.

Segway Apex H2 é a moto movida a hidrogênio que saiu do filme Tron
Divulgação/Segway

O veiculo adota um motor elétrico de 60kW, esse alimentado por dois cilindros de células de hidrogênio. Por sua vez, esse compartimento pode ser trocado para que sejam substituídos e recarregáveis, assim como um botijão de gás de cozinha. Todavia, a empresa não revelou como criará uma rede de infraestrutura para viabilizar o reabastecimento dessa fonte de energia.

De acordo com a Segway, 1 grama de hidrogênio é suficiente para gerar 1 quilômetro de autonomia, mas não revelou sua autonomia total. Por enquanto, sabemos que a Apex H2 entrega 80 cv de potência e acelera de 0-100 km/h em quatro segundos. De forma automática, a velocidade máxima limita-se aos 150 km/h.

Moto chegará ao mercado até 2023

Sob descrença, a primeira apresentação da motocicleta ocorreu no final de 2019, ainda que naquela época a marca não havia divulgado sobre a ousada propulsão. De qualquer maneira, estamos falando de empresas novatas na indústria investindo em tecnologia de ponta.

Agora, portanto, a Segway confirmou que fará uma versão de produção da Apex H2 para 2023. Inclusive, no dia 1º de abril, iniciou a pré-venda da futurista modelo, mas exclusivamente para a China. O período de reservas, portanto, irá até o dia 30 deste mês. Segundo a Ninebot, o valor inicial é fixo em US$ 10.700, cerca de R$ 60 mil na conversão direta.



Notícias relacionadas


Ofertas 0KM

Mais ofertas

Mais ofertas exclusivas

Veja todas as condições especiais