Emily Nery, especial para o Jornal do Carro

29/09/2020 - 5 minutos de leitura.

Citröen C4 Lounge, DS3, DS4 e DS5 têm air bag defeituoso da Takata

Em caso de acidente, equipamento de proteção pode expelir fragmentos metálicos em direção aos ocupantes

takata
C4 LOUNGE É UM DOS MODELOS ENVOLVIDOS NO RECALL Crédito: CITROEN
Carro

Vai comprar um 0km? Nós te ajudamos a escolher.

A Citröen anunciou um recall dos modelos C4 Lounge, DS3, DS4 e DS5 por defeito no air bag, os modelos, como outros carros nos últimos cinco anos são equipados com as bolsas infláveis produzidas com defeito pela Takata.

A montadora informa que “em caso de colisão com intensidade suficiente para acionamento do sistema de air bag, pode ocorrer rompimento do insuflador e a possível projeção de fragmentos metálicos no interior do veículo”. A empresa ainda reitera que a falha pode acarretar em danos físicos e materiais, que em caos extremos, pode levar a morte, como ocorreu em um modelo da Honda no Brasil.



Há casos em que haverá necessidade da troca de mais de um air bag. Para o C4 Lounge, DS4 e DS5 a substituição será apenas do air bag do motorista. Para o modelo DS3 a troca precisará ser feita no air bag frontal do motorista e também do passageiro.

Os proprietários dos modelos deverão agendar em uma concessionária da Citröen uma verificação e se necessário, substituir o componente. O serviço leva cerca de uma hora para C4 Lounge, DS4 e DS5. Para o DS3, são duas horas. O serviço é gratuito. A Citroën coloca à disposição o site e o telefone 08000 011 8088.

Inscreva-se no canal do Jornal do Carro no YouTube

Veja vídeos de testes de carros e motos, lançamentos, panoramas, análises, entrevistas e o que acontece no mundo automotivo em outros países!

Inscrever-se

Escândalo dos air bags da Takata

Um grave defeito no equipamento produzido por uma das maiores fornecedoras de air bag, a Takata, resultou em pelo menos 25 mortes, das quais duas no Brasil, e mais de 290 feridos mundialmente. O escândalo surgiu em 2013, apesar das mortes associadas ao produto terem começado em 2009. Entretanto, acidentes são descobertos até hoje e o recall é considerado como o maior da história.

Em julho deste ano, o condutor de um Chevrolet Celta do ano 2014 faleceu após colidir com um veículo em sua frente e o air bag ter estourado e soltado partículas metalizadas. O laudo pericial concluiu que o air bag foi responsável pela morte do motorista, por efeito da peça defeituosa que atingiu sua região cervical.

No mundo, soma-se 100 milhões de veículos que foram chamados para o recall, dos quais 2 milhões estão no Brasil. Por aqui, 30 montadoras têm air bags da Takata em seus modelos.

A falha no aparelho se encontra no deflagrador, peça que é envolvida por um revestimento metálico e é responsável por inflar a bolsa no momento do impacto. Normalmente, no momento do acidente, o componente metálico se desfaz e a bolsa se enche quase instantaneamente. Nos aparelhos defeituosos, contudo, os estilhaços metalizados podem ser lançados em direção ao motorista e ao passageiro. Dependendo da situação, a explosão do air bag pode ser fatal.

Veja a seguir a identificação dos veículos:

C4 Lounge – Data de fabricação: 04/04/2013 até 12/04/2017
Chassis: EG500080 até JG500699

DS3 – Data de fabricação: 22/11/2011 até 07/09/2016
Chassis: CW501041 até HW500613

DS4 – Data de fabricação: 18/06/2012 até 11/05/2015
Chassis: de CY571921 até GY500172

DS5 – Data de fabricação 13/03/2012 até 19/01/2017
Chassis: de DS500004 até JS500005

Notícias relacionadas


Ofertas 0KM

Mais ofertas

Mais ofertas exclusivas

Veja todas as condições especiais


OFERTA EXCLUSIVA

Citroën C4 CACTUS SHINE 1.6 THP AUTOMATICO