Gasolina ganhará aditivo a partir de julho

Medida da ANP visa melhorar a qualidade do combustível e reduzir as emissões de poluentes


Gasolina com detergente dispersante traz benefícios ao motor

A gasolina vendida no País conterá detergente dispersante, um aditivo que mantém o sistema de alimentação do veículo mais limpo, a partir do dia 1º de julho. A medida faz parte de uma resolução da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP).

Segundo a entidade, a mudança vai atender a evolução tecnológica dos motores e oferecer um produto menos nocivo ao meio ambiente. Por ter menos enxofre, as emissões de poluentes devem ser reduzidas com o combustível aditivado.

O consumidor continuará com as opções de gasolina comum ou aditivada para o abastecimento, mas ambas terão qualidade superior em relação ao combustível vendido atualmente. “A aditivação de detergentes e dispersantes será mais um requisito de qualidade de gasolina. Ou seja: será benefício adicional para os consumidores”, explica o gerente do Instituto Brasileiro de Petróleo, Gás e Biocombustíveis (IBP), Ernani Filgueiras.

Entre os benefícios para os veículos está a dissolução de partes de parafina presentes no combustível para manter a linha de alimentação limpa (tanque, bomba, bico injetor, entre outras peças). Isso impede a perda de pressão das válvulas e ajuda a manter a potência do carro.

Ofertas exclusivas

Veja todas as condições especiais


Ofertas 0KM

Mais ofertas

Mais ofertas exclusivas

Veja todas as condições especiais


Notícias relacionadas