Um em cada cinco motoristas admite uso do celular ao dirigir

Levantamento do Ministério da Saúde, feito com mais de 52 mil pessoas, mostrou que 20% dos motoristas brasileiros alegam usar o celular enquanto dirigem

celular
Motorista usando o celular Crédito: NHTSA/Divulgação

Um em cada cinco motoristas brasileiros admite usar o celular enquanto dirige. O levantamento feito pelo Ministério da Saúde ouviu mais de 52 mil pessoas entre fevereiro e dezembro de 2018.

Mesmo com todas as campanhas de conscientização e do aumento da classificação da multa, que passou de média para gravíssima, com sete pontos no prontuário, o número de infrações registradas também não para de crescer. Aumentou 24% em 2019 em relação ao período de janeiro a março de 2018.

No total, foram registradas 372,3 mil multas em todo o Brasil. Com valor de R$ 293,47. Em Brasília, segundo o Ministério, as equipes de fiscalização usam câmeras fixas. E até com carros descaracterizados para pegar os infratores. Quase metade dos acidentes no Distrito federal por causados pelo uso de celular ao volante.

Celular não é problema de fiscalização

Segundo o Departamento Nacional de Trânsito (Denatran), usar o celular enquanto dirige aumenta em 400% o risco de acidentes, pois digitar ou ler mensagens reduz muito o tempo de reação do motorista. Para o presidente Detran, Luiz Carlos das Neves, o problema não é a fiscalização: “Você pode aumentar a multa, mas o que falta realmente é conscientização, é ter civilidade. É a pessoa saber pensar no outro e ter responsabilidade”.

Ofertas exclusivas

Veja todas as condições especiais

Notícias relacionadas


Ofertas 0KM

Mais ofertas

Mais ofertas exclusivas

Veja todas as condições especiais