Volvo tem recall para 160 unidades no Brasil

Coletor de admissão de plástico de motores a diesel da Volvo pode derreter e causar incêndios. Brasil tem 160 unidades envolvidas no recall global

volvo
Versão D5 a diesel do XC90 deve ser um dos modelos afetados no Brasil Crédito: Foto: Marcio Fernandes/Estadão

A Volvo iniciou um recall global em 507.353 unidades de praticamente toda a sua gama equipada com motor 2.0 diesel. Os modelos envolvidos foram fabricados entre 2014 e 2019 e podem pegar fogo em situações extremas. No Brasil, são 160 unidades envolvidas de XC60 e XC90 D5.

INSCREVA-SE NO CANAL DO JORNAL DO CARRO NO YOUTUBE

O problema está no coletor de admissão de plástico, que pode derreter e se deformar sob alta temperatura. Um pequeno incêndio no cofre do motor pode ocorrer em decorrência da deformação do coletor.

Veja mais

A Volvo brasileira informou que está em contato com as autoridades brasileiras sobre o recall e que vai comunicar diretamente os proprietários das unidades afetadas.

Ao redor do mundo, unidades de S60, S80, S90, V40, V70, V90, XC60 e XC90 deverão ser levadas de volta às concessionárias da marca. Por enquanto não houve nenhum incidente relacionado ao problema. O defeito foi descoberto pela própria Volvo em investigação interna.

Lucros em baixa

A marca não revelou os custos envolvidos no recall, mas todos os reparos serão feitos gratuitamente. A Volvo vem tentando reduzir seus gastos cortando centenas de postos de trabalho no mundo todo. No entanto, garantiu que os empregados das linhas de produção não deverão ser afetados.

No primeiro bimestre de 2019, a marca teve queda de 19,3% nos lucros operacionais. Ainda assim, as vendas globais subiram 9,4%, chegando a 161 mil unidades. O SUV XC60 ainda é o carro chefe da marca.


Ofertas 0KM

Mais ofertas

Mais ofertas exclusivas

Veja todas as condições especiais


Notícias relacionadas