Notícias

Audi A6 e-tron Concept elétrico surge em Xangai

Modelo da Audi apresentado no salão chinês tem tamanho de A6, motorização elétrica, autonomia de 700 km e até jogo de vídeo-game exclusivo

Redação

19 de abr, 2021 · 9 minutos de leitura.

A6 e-tron" >
Audi A6 e-tron Concept
Crédito:Audi/Divulgação
Audi A6 e-tron concept

Poucos dias depois de apresentar os SUVs elétricos Q4 e-tron e Q4 Sportback e-tron, a Audi usa o Salão do Automóvel de Xangai, na China, como palco para divulgar sua mais nova cartada, o novíssimo A6 e-tron concept. Trata-se de um carro-conceito totalmente elétrico que, como um dos principais destaques, inaugura a plataforma Premium Platform Electric (PPE), desenvolvida sob liderança da Audi. Chega ao mercado em 2022.

Considerado uma “e-volução” para a Audi, o A6 e-tron concept vai além de um mero carro elétrico. Para a marca, em síntese, servirá como plataforma de tecnologia para a mobilidade urbana do futuro. De acordo com a marca, a partir do fim do próximo ano, os primeiros carros de produção do segmento C – e, posteriormente, segmento B -, serão relançados com tecnologia PPE, indo desde modelos SUVs até sedãs, como o A6.

E não há meio de começar a falar do novato sem citar seu (belíssimo) estilo. Sua silhueta sportback, com queda acentuada do teto na traseira, aliada aos faróis estreitos com máscara negra dão um ar de esportividade ao sedã, cuja única semelhança com o A6 atual são as dimensões: 4,96 metros de comprimento, 1,96 m de largura e 1,44 m de altura. “Mais que um exercício de design é uma amostra dos futuros modelos de produção da Audi”, explica a marca.

Aerodinâmica é primordial

Sem fugir à tradição, a Audi, claro, colocou a aerodinâmica em primeiro lugar quando concebeu o novo modelo. Se, há décadas, o sedã 100 foi uma revolução com seus Cx de 0,30 – o que lhe rendeu título de campeão mundial de aerodinâmica em todas as classes -, agora, a marca foi além, escrevendo um novo capítulo na história. O A6 e-tron concept tem coeficiente de arrasto de apenas 0,22 Cx. Na prática, essa resistência aerodinâmica mínima se traduz em menor consumo de energia e, portanto, mais alcance.

Por falar nisso, o Audi A6 e-tron alcança autonomia superior a 700 quilômetros (com base no padrão europeu WLTP). A aceleração entre 0 e 100 km/h não chega a 4 segundos, informa a marca.

Mais sobre o design

Voltando ao design do carro, destaque para as rodas de 22 polegadas e, também nas laterais, os espelhos retrovisores virtuais externos. Neles, câmeras projetam as imagens em telas dentro do carro – substituindo os convencionais espelhos.

A grade Singleframe fechada, que suporta o logotipo da Audi, toma boa parte da dianteira. Ainda assim, entradas de ar foram feitas a fim de resfriar o sistema de transmissão, bateria e freios. Esse ar, por sua vez, flui sob o veículo e é canalizado para generosas saídas de ar localizadas na parte inferior traseira. Isso tem por meta contribuir para a redução da turbulência e, a princípio, reduzir o arrasto aerodinâmico.

Outra solução interessante do Audi A6 e-tron concept é a cor da carroceria “Heliosilver”. Além de acentuar as formas do carro com efeito tridimensional, é capacitada a reduzir o consumo de energia. De acordo com a montadora, a tinta pode refletir uma porcentagem significativa da radiação térmica na luz solar, o que reduz a quantidade de energia que entra na carroceria do carro e, principalmente, em seu interior. Com isso, os ocupantes não precisam usar o ar-condicionado para manter o nível de conforto, por exemplo.

Iluminação é show à parte na Audi

Além de um visual repleto de predicados, a Audi optou também por apostar em tecnologia para o conjunto óptico. Os faróis digital Matrix LED aliado a tecnologia digital OLED oferece ampla gama de recursos, como assinatura de luz personalizável. No novato, o trabalho foi além de mudar a carinha das lanternas e faróis (como já visto em alguns modelos), aqui, é possível até mesmo iluminar o solo para, então, se comunicar no trânsito.

Por meio de projetores de alta resolução, o sistema permite, por exemplo, avisar aos motociclistas que a porta do carro está prestes a ser aberta. Isso tudo, no entanto, dependerá da aprovação de cada país onde o carro for comercializado. Achou pouco? Os recursos vão além. A fabricante informa que os faróis dianteiros Digital Matrix LED são capazes de projetar imagens de um jogo de vídeo-game na parede. Ou seja, telas internas vão virar coisa do passado. O jogo – elaborado pela própria Audi – é totalmente controlado via smartphone.

Baterias e motorização

O elemento chave da futura frota baseada na plataforma PPE (que apesar de fabricada na Europa e China será oferecida globalmente) é um módulo de bateria entre os eixos que armazena cerca de 100 kWh de energia – como no conceito A6 e-tron. O uso de toda a base do veículo permite obter um layout relativamente plano para o componente.


Continua depois do anúncio

No A6 e-tron concept são dois motores elétricos, um em cada eixo (dianteiro e traseiro), capazes de fornecer potência total de 350 kW (equivalente a 476 cv) e torque de absurdos 81,5 mkgf. O conjunto é complementado pela tradicional tração quattro e suspensão a ar com amortecedores adaptáveis. Para o futuro, em suma, a promessa é desenvolver modelos da família e-tron que, mais básicos, terão um único motor elétrico montado no eixo traseiro.

Recarga tão rápida quanto um abastecimento convencional

Tanto o A6 e-tron concept quanto todos os futuros modelos PPE contarão com tecnologia de carregamento de 800 volts. Como no esportivo e-tron GT, isso garante que a bateria do A6 e-tron concept tenha carregamento com até 270 kW em um curto espaço de tempo quando em estações de carregamento rápido.

Na prática, a tecnologia possibilita recargas tão rápidas quanto o abastecimento de um veículo com motor a combustão. Isso quer dizer que a intenção da Audi é tornar o prazo de 10 minutos suficiente para recarregar a bateria a um nível que permita autonomia de, pelo menos, 300 quilômetros. A marca informa que, em menos de 25 minutos, há possibilidade de carregar a bateria de 100 kWh do A6 e-tron concept de 5% a 80%.

O Jornal do Carro está no Youtube

Inscreva-se