Você está lendo...
Bugatti revela primeiro Centodieci, novo carro de Cristiano Ronaldo
Mercado

Bugatti revela primeiro Centodieci, novo carro de Cristiano Ronaldo

Novo Bugatti Centodieci surge na clássica cor azul e vem equipado com motor V8 que pode oferecer até 1.600 cv de potência; modelo chega aos 380 km/h

Jady Peroni, especial para o Jornal do Carro

19 de jun, 2022 · 5 minutos de leitura.

Bugatti Centodieci
Bugatti Centodieci terá apenas 10 unidades fabricadas
Crédito:Divulgação/Bugatti

A Bugatti mostrou a primeira unidade de produção do Centodieci, novo hiperesportivo feito em homenagem aos 110 anos da marca, completos em 2019. Apenas 10 unidades do modelo serão produzidas. Ou seja, estamos falando de um superesportivo raríssimo. Todos os exemplares, inclusive, já estão reservados e serão entregues até o final deste ano. Um dos donos desse modelo, que parte dos 8 milhões de euros - o equivalente a R$ 42 milhões na conversão direta e sem taxas - é o atual atacante do Manchester United e da seleção portuguesa, Cristiano Ronaldo.

O supercarro exclusivo é inspirado no Bugatti Chiron. No entanto, a pintura no tom de azul escolhida para a primeira unidade é uma homenagem ao EB110 Blue, carro clássico dos anos 90. Esse modelo apareceu pela primeira vez nessa cor e, em seguida, a fábrica de Campagalliano - responsável pela produção - ganhou o mesmo tom na estrtura. E assim, ficou conhecida como ''Fabricca Blu''.

Bugatti Centodieci
Divulgação/Bugatti

Além dos para-choques esportivos, os vincos marcantes no capô e os faróis finos, outro destaque do modelo são as rodas. Elas foram finalizadas com acabamento EB110 Sport Silver. ''O Centodieci se baseia na bem-sucedida linhagem de 110 anos de design e desempenho excepcionais de Ettore Bugatti, enquanto revive a memória da história recente da marca'', disse Christophe Piochon, presidente da Bugatti.



Puro luxo

Por dentro, o luxo continua, bem como a homenagem ao supercarro. Tanto o painel, quanto volante, câmbio e os bancos tem revestimento em couro azul, o que aumenta ainda mais a exclusividade. Além disso, as portas e os assentos são estampados com desenhos que remetem a um tabuleiro de xadrez. De acordo com a própria marca, apenas a finalização do interior levou cerca de 16 semanas.

Divulgação/Bugatti

''Após dois anos de desenvolvimento implacável, refinamos o Centodieci para o padrão que nossos clientes esperam de todos os modelos Bugatti. Nossos designers e engenheiros despejam a mesma paixão e desejo de perfeição nos poucos modelos da marca, assim como nas unidades de produção em série da Bugatti'', disse Piochon.

1.600 cavalos de potência

Como adiantado pelo Jornal do Carro, o hipercarro usa o motor 8.0 quadriturbo de 16 cilindros em "W", que oferece impressionantes 1.600 cv de potência máxima. O conjunto acompanha um câmbio automático de sete marchas e tem tração integral. De acordo com a Bugatti, a aceleração de zero a 100 km/h é feita em 2,4 segundos. A velocidade máxima é de 380 km/h.

Divulgação/Bugatti

Antes do lançamento, o novo Centodiece passou por diversos testes e avaliações. Para se ter uma ideia, o supercarro percorreu mais de 50 mil km na pista de Nardò, na Itália. Além dos 1.200 km por dia, o modelo também passou por temperaturas extremas, tanto no calor das estradas da Califórnia, quanto em um frio de -20°C. Segundo eles, o desejo é que o supercarro continue oferecendo ''uma experiência única de condução'' mesmo após 100 anos.

O Jornal do Carro está no Youtube

Inscreva-se