Tesla Cybertruck
Tesla/Divulgação

CEO da Ford diz que Tesla Cybertruck não é para 'pessoas que trabalham'

Para executivo da Ford, Tesla Cybertruck e F-150 Lightning têm propostas, estilos e públicos distintos; empresas compartilham carregadores em parceria recente

Por Vagner Aquino 25 de jun, 2023 · 3m de leitura.

Desde que surgiu na mídia a picape Cybertruck – que a Tesla promete desde 2019 – vem dando o que falar. Agora, até o CEO da Ford, Jim Farley, deu seu pitaco sobre o modelo que, mesmo após tamanha demora, talvez chegue ao mercado em 2024 – a ideia inicial era 2021. De acordo com o executivo da montadora do oval azul, em entrevista à CNBC, “o Tesla Cybertruck é legal, mas não para pessoas reais que trabalham de verdade”.

Trocando em miúdos, o executivo quis dizer que, apesar do visual futurista e da promessa de robustez, a Cybertuck não se iguala à F-150 Lightning. Afinal, além de ostentar o nome do veículo mais vendido dos Estados Unidos, a picape da Ford tem longa tradição em atender os mais variados tipos de usuários, muitos deles, que a usam para serviços pesados. Ou seja, Farley quis dizer que a F-150 dá conta do recado, enquanto a Cybertruck, permanece um mistério.

Tesla
Indisponível no Brasil, Ford F-150 Lightning é sucesso de vendas nos EUA (Ford Motor Company/Divulgação)

Para ele, a picape elétrica Cybertruck não competirá com a F-150 Lightning. Apesar de ambas pertencerem ao mesmo segmento e serem movidas por meio de baterias, o exemplar da Tesla foi feito para “motoristas do Vale do Silício”, aponta. Ou seja, um público diferente de quem precisa de uma picape para trabalhar.

Desse modo, o executivo não enxerga ambas como concorrentes diretas. Afinal, seus públicos e propostas são bem diferentes. “É como um produto legal e sofisticado estacionado em frente a um hotel. Mas eu não faço caminhonetes assim. Eu faço caminhonetes para pessoas reais que trabalham de verdade”, enfatiza.

tesla
Cybertruck promete 800 quilômetros de autonomia (Tesla/Divulgação)

Parceria

Durante a entrevista, Farley também mencionou a parceria entre Ford e Tesla. Ambas as empresas, em maio, firmaram o compartilhamento de carregadores para carros elétricos. “Não tenho nenhum problema em ser oportunista quando se trata de beneficiar meus clientes”, disse Farley.

O Jornal do Carro está no Youtube

Inscreva-se
Newsletter Jornal do Carro

Complete seu cadastro para receber as últimas notícias do Jornal do Carro diretamente no seu e-mail.

Campo obrigatório
Tudo certo!

Seu cadastro foi enviado. Em breve você receberá as últimas notícias do Jornal do Carro diretamente no seu e-mail.