Wagoneer S
Jeep/Divulgação

Com 608 cv, Jeep Wagoneer S é o maior e mais veloz SUV da marca

SUV elétrico da Jeep é o primeiro do tipo e utiliza plataforma STLA-Large da Stellantis; Wagoneer S quer destronar a Tesla no segmento

Por Rodrigo Tavares 31 de mai, 2024 · 4m de leitura.

A mais nova aposta da Jeep é o SUV elétrico Wagoneer S, o primeiro modelo totalmente elétrico da marca do grupo Stellantis. Logo de cara, pode-se notar pelos números que o SUV tem metas ambiciosas: 600 cv de potência, mais de 81,6 mkgf de torque e tração integral, além de apresentar a marca ao crescente mercado de utilitários elétricos.

Jeep/Divulgação
Jeep/Divulgação

As imagens mostram um SUV com as sete tradicionais aberturas na grade, linguagem visual da Jeep, mas sem função de resfriar o motor. Agora, o ar passa por uma abertura no para-choque, e visa resfriar a bateria. Uma fina linha de LED atravessa a dianteira, e se completa com os faróis nas extremidades, também finos.

Na traseira, um spoiler vazado dá a impressão (de perfil) que o SUV é maior do que parece. Ainda que seja apenas uma extensão do desenho do teto. O novo BEV da Stellantis utiliza a plataforma STLA-Large, capaz de sustentar produtos elétricos.

Jeep/Divulgação
Jeep/Divulgação

Contudo, por dentro, chamam a atenção a boa disponibilidade de telas, que vão desde o painel de instrumentos, passando pela central multimídia de 12,3 polegadas (integrada com os comandos inferiores do ar-condicionado) e chegando a uma tela menor, destinada ao passageiro.

Jeep Wagoneer S promete alcance elétrico de 483 km

Contudo, ainda existem controles físicos, bem como um rotor onde se escolhem os diferentes modos de condução do modelo: Sand, Snow, Eco, Auto e Sport. A nova plataforma STLA-Large permite ao modelo usar dois motores elétricos, um em cada eixo. Isso faz dele a opção mais rápida da marca: 0 a 100 km/h em 3,4 segundos, com alcance elétrico de 300 milhas (aprox. 483 km), segundo o ciclo EPA.

Jeep/Divulgação
Jeep/Divulgação

Assim, provavelmente equipado com baterias feitas de níquel-manganês-cobalto, seu conjunto será de 100 kWh a 400 volts. Assim, com capacidade de carregar de 5 a 80% de bateria em até 28 minutos. Com mais de 170 combinações de dispositivos de segurança e proteção de série, a versão Launch Edition está sendo oferecida nos Estados Unidos a US$ 71.995. Por fim, por aqui, isso se traduz em, aproximadamente, R$ 388 mil em conversão direta.

O Jornal do Carro também está no Instagram!

O Jornal do Carro está no Youtube

Inscreva-se
Chevrolet S10 2025 ganha potência e tecnologia para enfrentar a concorrência

Newsletter Jornal do Carro

Complete seu cadastro para receber as últimas notícias do Jornal do Carro diretamente no seu e-mail.

Campo obrigatório
Campo obrigatório
Cep inválido
CPF/CNPJ inválido
Telefone inválido
Tudo certo!

Seu cadastro foi enviado. Em breve você receberá as últimas notícias do Jornal do Carro diretamente no seu e-mail.