Emily Nery, para o Jornal do Carro

07/05/2021 - 6 minutos de leitura.

Com 830 cv, Ferrari 812 Competizione mostra o melhor do motor V12

Em versão cupê e targa, 812 Competizione utiliza o V12 mais potente da história da marca e passa por diversos ajustes aerodinâmicos para chegar aos 340 km/h

Ferrari 812 Competizione
Ferrari 812 Competizione Crédito: Divulgação/Ferrari
Carro

Vai comprar um 0km? Nós te ajudamos a escolher.

A Ferrari já afirmou que vai eletrificar os carros daqui a quatro anos. Mas enquanto esse momento não chega, ela entrega o suprassumo dos motorzões V12. De uma só vez, a montadora italiana apresentou dois superesportivos capazes de arrancarem 841 cv, o 812 Competizione e o Competizione A. Ou seja, versão cupê e versão targa, respectivamente.

A dupla certamente veio para agradar os saudosistas da 812 Superfast, só que com um tempero a mais. Desta vez, o motorzão V12 de 6,5 litros naturalmente aspirado foi atualizado para gerar até 830cv de potência a altos 9.250 rpm, ante aos 800 cv da Superfast. Já o torque reduziu de 73.1 mkgf para 70,9 mkgf.

O que se reduziu ligeiramente foi a aceleração de 0 a 100 km/h. A 812 Competizione é 0,1 segundo mais rápida do que a Superfast e faz esse feito em apenas 2,8 segundos. De quebra, só para de acelerar quando atinge os 380 km/h.

Ferrari 812 Competizione
Ferrari 812 Competizione A Divulgação/Ferrari

O câmbio segue o mesmo de dupla embreagem e sete marchas. A montadora afirma que o recalibrou para possibilitar troca de marchas 5% mais rápidas.

Isso é o bastante para a Ferrari entregar o motor V12 mais potente de sua história. Antes que surja a dúvida, o SF90 Stradale chega aos 1.000 cv de potência graças ao V12 auxiliado por três propulsores elétricos.

Para que os novos 812 fossem monstros sobre rodas, a equipe de engenharia suou a camisa. Muitos dos componentes do V12 foram reajustados, como as novas bielas de titânio que são 40% mais leves, os virabrequins 3% mais leves e os novos pinos dos pistões que visam reduzir o atrito e entregar maior desempenho.

Ferrari 812
Divulgação/Ferrari

Superesportivo está 38 kg mais leve que o antecessor

A carroceria, por sua vez, pesa 1.487 kg. Isto é 38 kg mais leve do que seu antecessor. Para tal redução, além de otimizar o motor, adicionou mais fibra de carbono na corpo do modelo, como nos novos para-choques, por exemplo.

As novas rodas de 20″ não somente dispoem de direção independente, bem como carregam aros de fibra de carbono. Tal mudança reduz em 3,7 kg o peso total das rodas.

Para deixá-lo mais rápido, a marca investiu em soluções para remanejar o fluxo de ar. O capô emprega uma lâmina de fibra de carbono com saídas de ar para evacuar o ar quente do motor. Em ambos os lados da grade, há duas grandes entradas de ar do trem de força.

Ferrari 812 Competizione
Divulgação/Ferrari

Dessa forma, a 812 Competizione consegue ser 10% mais eficiente no resfriamento dos fluidos do motor do que a 812 Superfast.

Além disso, o difusor traseiro aumentou o downforce em 25% se compararmos com o da antecessora. Assim como na antiga 812, o difusor frontal se abre quando o veículo atinge os 250 km/h, fazendo que atinja os 340 km/h.



Cabine

Bastante parecido com o 812 Superfast, o interior do veículo se diferencia por trazer alguns detalhes em amarelo e acabamento em fibra de carbono e estofamento em tecido esportivo.

Ferrari 812
Divulgação/Ferrari

Exclusividade

Sem revelar quando começará a venda ou seus preços, a Ferrari reforça que “esta dupla de carros é dedicada a um grupo muito exclusivo de colecionadores e entusiastas das mais nobres tradições da Ferrari”. A imprensa estrangeira, portanto, acredita que a marca produzirá 999 exemplares do cupê e 599 exemplares para o targa.

Da mesma forma, a imprensa europeia estipula os preços da dupla em altíssimos € 598.567 (R$ 3,8 mi na conversão direta) na versão cupê e € 694.549 ( R$ 4,4 mi) na versão targa

Notícias relacionadas


Ofertas 0KM

Mais ofertas

Mais ofertas exclusivas

Veja todas as condições especiais