Você está lendo...
Dez SUVs que poderiam estar à venda no Brasil, mas nunca vieram
Mercado

Dez SUVs que poderiam estar à venda no Brasil, mas nunca vieram

Mesmo com grande potencial de venda, alguns SUVs foram descartados por conta da alta do dólar ou por estratégia de vendas no Brasil

Jady Peroni, especial para o Jornal do Carro

30 de abr, 2022 · 8 minutos de leitura.

SUVs
Se chegasse ao Brasil, Hyundai Venue ficaria posicionado entre Creta e HB20
Crédito:Divulgação/Hyundai

O segmento de SUVs continua superaquecido no Brasil, com muitos lançamentos previstos para os próximos meses. No entanto, há diversos modelos que tinham tudo para fazer grande sucesso no mercado nacional, mas nunca chegaram aqui. Afinal, o portfólio que as montadoras escolhem para cada país depende de muitas variáveis como, por exemplo, preferência dos consumidores, leis de emissões de gases e preços de produção e vendas.

Pensando nisso, o Jornal do Carro separou uma lista de dez SUVs que tinham tudo para dar certo no mercado brasileiro, mas nunca vieram efetivamente. No entanto, com essa nova fase da indústria, alguns ainda podem ser uma boa aposta para o futuro. Confira:

Renault Koleos

Suvs
Divulgação/Renault

De início, a Renault prometeu trazer o Koleos ao Brasil em 2017. Em seguida, esperava-se que ele viesse após as estreias do Kwid e Captur, em 2018. No entanto, a estreia do SUV médio foi sendo adiada até o momento em que não se falou mais sobre o assunto. Em conversas anteriores, a justificava da marca francesa era o valor pouco competitivo, já que ele seria importado da Europa. No mercado brasileiro, o Koleos disputaria vendas com Jeep Compass, Honda CR-V, Volkswagen Tiguan.

Fiat 500x

Divulgação/Fiat

Havia muitos rumores de uma possível importação do 500x da Itália. O modelo chegou a marcar presença no estande da montadora no Salão de São Paulo, com o intuito de ser uma aposta pesada no segmento de SUVs. Contudo, ao que parece, a FCA (agora Stellantis) resolveu investir nos modelos da Jeep, que já faziam grande sucesso no mercado. Na época, de acordo com a Fiat, o principal motivo para o 500x não chegar ao mercado nacional foi a alta do dólar.


Audi Q2

SUVs
Divulgação/Audi

Há tempos que a Audi ensaia a estreia do Q2 no Brasil e a expectativa era de que ele chegasse em 2019. O SUV, que é um irmão menor do Q3, poderia fazer grande sucesso no país sendo um modelo de entrada. No entanto, para colocar essa estratégia em prática, a única possibilidade seria a produção nacional, já que a importação implicaria em custos muito maiores para a marca.

Ford Puma

SUVs
Divulgação/Ford

O Puma é um SUV baseado no Fiesta, mas com um apelo visual bem esportivo. Já houve a ideia de trazer o modelo com motor 1.0 turbo com 125 cv de potência. Contudo, o plano não chegou a ir para frente e com a reestruturação da Ford no Brasil, não se sabe ao certo se esse lançamento pode ou não acontecer. Se ele viesse para cá, iria competir com SUVs de peso, como o HR-V.

Nissan Qashqai

SUVs
Divulgação/Nissan

Vendido nos Estados Unidos como Rogue Sport, o Nissan Qashqai faz um grande sucesso no mercado europeu. Aqui no Brasil, o SUV médio estaria posicionado acima do Kicks e concorreria com modelos como Jeep Compass, Toyota Corolla Cross e Volkswagen Taos. Por ora, não há especulações sobre a vinda do modelo ao mercado brasileiro, mas seria uma boa alternativa.


Volkswagen Atlas

vw atlas

O Atlas é o SUV topo de linha da Volkswagen no mercado norte-americano. Em algum momento, chegou a ser cotado para vir ao Brasil no lugar do antigo Touareg, que foi lançado por aqui em 2004. No entanto, o plano não foi para frente, pois ambos pertencem ao mesmo segmento, o que dificultaria as vendas.

Nissan Rogue

SUVs
Divulgação/Nissan

O Rogue chegou a ser o modelo mais vendido da Nissan nos Estados Unidos. Por aqui, ele era esperado em 2021, pouco tempo depois da marca registrar patentes dele no Instituto Nacional de Propriedade Industrial (INPI). Mas esse lançamento nunca ocorreu, principalmente, pela alta do dólar. Para se ter uma ideia, no Brasil ele bateria de frente com modelos como, por exemplo, Jeep Compass, VW Tiguan e Chevrolet Equinox.

Toyota CH-R

Suvs
Divulgação/Toyota

O conceito do Toyota CH-R foi apresentado no Salão de Paris de 2014 e, se chegasse ao Brasil, seria um grande rival do Honda HR-V e do Jeep Renegade. Mas, por questões de alto custo na produção, principalmente por ser um modelo com motorização híbrida, acabou ficando de fora dos planos da marca para o País. Com essa nova fase de eletrificação, quem sabe a Toyota volte a falar sobre o assunto.


Hyundai Venue

Suvs
Divulgação/Hyundai

O Hyundai Venue já foi flagrado algumas vezes na cidade de São Paulo. O SUV subcompacto chegou a ser uma aposta de fabricação no Brasil com o motor 1.0 turbo ou um 1.6 aspirado. No entanto, o plano também nunca se concretizou. Ele poderia ser uma boa opção para se encaixar entre o HB20 e o Creta.

Chevrolet Trailblazer

Divulgação/Chevrolet

Para encerrar a lista, vale citar o Chevrolet Trailblazer americano. Aqui no Brasil, nós temos o modelo derivado da picape S10. Contudo, a versão americana é menor e poderia se encaixar numa posição intermediária. Para se ter uma ideia, ele é um pouco maior que o Tracker atual e poderia ser uma boa oportunidade para expandir a linha de SUVs da marca.

O Jornal do Carro está no Youtube

Inscreva-se
Hyundai HB20 Vision 1.0 Mec
Oferta exclusiva

Hyundai HB20 Vision 1.0 Mec