BYD Dolphin mais econômicos
BYD/Divulgação

Dolphin, Kona e Kwid: os elétricos mais econômicos pelo Inmetro

Assim como faz com os carros a combustão, Inmetro também classifica os modelos movidos a eletricidade mais econômicos vendidos no Brasil

Por Thais Villaça 15 de fev, 2024 · 5m de leitura.

Da mesma forma que listarmos quais são os carros flex mais econômicos do mercado brasileiro, chegou a vez do ranking dos elétricos. Desse modo, baseados na 16a edição do Programa Brasileiro de Etiquetagem Veicular (PBEV) 2024, divulgado no início do mês pelo Inmetro, revelamos quais modelos obtiveram a melhor classificação em termos de eficiência energética e em autonomia, que é a quilometragem que o carro consegue rodar com uma carga completa da bateria (ou um tanque cheio de gasolina/etanol, nos casos de veículos a combustão).

Lembrando que a metodologia de medição do Inmetro é diferente dos padrões europeus ou asiáticos, por exemplo, se aproximando mais do norte-americano. Isso porque dados de consumo e autonomia são coletados em laboratório, e não em condições reais, como promete fazer o padrão brasileiro.

Mas falando especificamente de carros elétricos, a metodologia do Inmetro é rodar com o veículo até o esgotamento total da bateria para calcular o quanto ele roda. Portanto, além de considerar o uso de outros componentes elétricos e do ar-condicionado para se aproximar das “condições reais” de uso. Dessa forma, os números obtidos são, em média, 30% menores que os divulgados pelas montadoras quando são baseados no WLTP, o mais comum deles.

No total, o Inmetro classificou afinal 96 modelos elétricos vendidos no mercado brasileiro. O ranking, contudo, considera os mais econômicos pelo índice de eficiência energética, medido em megajoules por quilômetro (MJ/km).  Essa é a unidade usada para medir a quantidade de energia necessária para mover o carro por um quilômetro, em termos simples, por exemplo. Por fim, a autonomia do veículo, nesse caso, foi usada como critério de desempate.

Veja quais são os 10 carros elétricos mais econômicos do Brasil:

BYD Dolphin mais econômicos
Alex Silva/Estadão

1 – BYD Dolphin

  • Eficiência Energética: 0,42 MJ/km
  • Autonomia: 291 km
Hyundai Kona EV mais econômicos
Diogo de Oliveira/Estadão

2 – Hyundai Kona EV


  • Eficiência Energética: 0,44 MJ/km
  • Autonomia: 252 km
Kwid E-tech mais econômicos
Diogo de Oliveira/Estadão

3 – Renault Kwid E-Tech

  • Eficiência Energética: 0,44 MJ/km
  • Autonomia: 185 km
Fiat/Divulgação

4 – Fiat 500e


  • Eficiência Energética: 0,46 MJ/km
  • Autonomia: 227 km
iCar mais econômicos
Caoa Chery/Divulgação

5 – Caoa Chery iCar

  • Eficiência Energética: 0,46 MJ/km
  • Autonomia: 198 km
JAC E-JS4
JAC/Divulgação

6 – JAC e-JS4


  • Eficiência Energética: 0,47 MJ/km
  • Autonomia: 307 km
Chevrolet Bolt EV 2023
Chevrolet/Divulgação

7 – Chevrolet Bolt

  • Eficiência Energética: 0,48 MJ/km
  • Autonomia: 390 km
Chevrolet Bolt EUV mais econômicos
Chevrolet/Divulgação

8 – Chevrolet Bolt EUV


  • Eficiência Energética: 0,48 MJ/km
  • Autonomia: 377 km
Volvo C40
Werther Santana/Estadão

9 – Volvo C40 Recharge Single Motor

  • Eficiência Energética: 0,49 MJ/km
  • Autonomia: 385 km
JAC e-J7 elétrico
JAC/Divulgação

10 – JAC e-J7


  • Eficiência Energética: 0,50 MJ/km
  • Autonomia: 263 km

Jornal do Carro também está no Instagram!

O Jornal do Carro está no Youtube

Inscreva-se
Newsletter Jornal do Carro

Complete seu cadastro para receber as últimas notícias do Jornal do Carro diretamente no seu e-mail.

Campo obrigatório
Campo obrigatório
Cep inválido
CPF/CNPJ inválido
Telefone inválido
Tudo certo!

Seu cadastro foi enviado. Em breve você receberá as últimas notícias do Jornal do Carro diretamente no seu e-mail.