Notícias

Fiat Strada vai ganhar câmbio CVT no fim do ano com a versão Ranch

Ainda mais parecida com a irmã Toro, picape Fiat Strada Ranch terá motor 1.3 Firefly e transmissão automática CVT que simula 7 marchas

Vagner Aquino, Especial para o Jornal do Carro

13 de jul, 2021 · 4 minutos de leitura.

lançamentos" >
Fiat Strada terá câmbio automático pela primeira vez na história; CVT que simula sete marchas vai equipar picape no começo do ano que vem
Crédito:Kleber Silva/K Design

A nova geração da Fiat Strada estreou há um ano, mas ainda não esgotou sua cota de novidades. Nos próximos meses, a picape, que é líder geral de vendas em 2021, vai ganhar a versão Ranch. Assim como na irmã maior Toro, a Strada Ranch promete entregar um visual mais parrudo.

De acordo com projeções feitas pelo designer Kleber Silva, da K Design, a nova Strada Ranch terá detalhes diferenciados, como novo para-choques, grade avantajada (como na Toro) e uma série de apliques cromados por todas as partes. O santantônio - também com acabamento cromado - é o responsável por dar um charme especial à traseira da picape.

No mais, há faróis de neblina com novos contornos. Nas laterais, destaque para os estribos que facilitam o acesso ao interior da picape. Como de praxe, a nova Fiat Strada apresenta suspensão elevada - e, claro, novas rodas de liga leve. Essas, aliás, deverão ser escurecidas.

Fiat
Kleber Silva/K Design

Da porta para dentro, a aposta será o uso de volante revestido em couro e com base reta - como na linha Jeep. O sobrenome da picape deverá enfeitar os apoios de cabeça dos bancos dianteiros. O tom escurecido (tecido, teto e painel) ficará responsável por dar um ar esportivo à cabine. Inclusive, não espere qualquer herança da Strada Adventure da geração anterior. Na versão Ranch, o apelo será meramente estético, afirma o designer.

Finalmente, o câmbio automático

Mas, para além da estética, há algo que a clientela espera desde o lançamento da nova geração da Fiat Strada: o câmbio automático.

Embora não haja nenhum badge na carroceria com a identificação CVT, de acordo com apuração do Autos Segredos, a Strada Ranch será a responsável pela estreia da transmissão continuamente variável (CVT) na gama da picape. Com sete marchas, o câmbio escolhido pela fabricante italiana será o mesmo do Toyota Yaris, fornecido pela Aisin.



Powertrain escolhido pela Fiat

Questionada pelo Jornal do Carro, uma fonte ligada à Fiat adiantou que a novata terá powertrain formado pelo mesmo motor 1.3 Firefly (109 cv de potência máxima) das versões Freedom e Volcano.

Visto que o lançamento acontecerá só no fim do ano (especula-se novembro), o sobrenome Ranch ainda não está fechado. Mas levando em conta a sua boa aceitação na Toro, tem tudo para ser escolhido.

O Jornal do Carro está no Youtube

Inscreva-se