Você está lendo...
Ford Escort RS de 1985 que foi da princesa Diana irá a leilão
História

Ford Escort RS de 1985 que foi da princesa Diana irá a leilão

Exemplar do Escort RS foi fabricado em 1985 exclusivamente para a princesa de Gales, com pintura preta e até grade dianteira modificada

Vagner Aquino, especial para o Jornal do Carro

04 de ago, 2022 · 4 minutos de leitura.

Ford
Não vendido no Brasil, Escort RS Turbo tem faróis de milha, aerofólio e rodas exclusivas
Crédito:Silverstone Auctions/Divulgação

A princesa Diana, popularmente chamada de Lady Di, era famosa não só por ser da família real inglesa, mas também por sua elegância, carisma e, por que não dizer, pelo bom gosto por carros. Depois de ícones como Audi 80 Cabriolet e Mercedes-Benz SL, mais um modelo raro da frota da alteza - morta em um acidente de carro há quase 25 anos - vai a leilão. No caso, um Ford Escort RS Turbo Série 1. O exemplar foi feito no Reino Unido em 1985, e, além do preço milionário, tem uma história curiosa.

Ford
Silverstone Auctions/Divulgação

A princípio, Lady Di queria incorporar mais um conversível à sua frota. Entretanto, para garantir mais segurança à realeza britânica, o desejo precisou ser revisto. Assim, Diana teve que se contentar com um carro de teto rígido. Foi quando surgiu a ideia do Escort.


Mas não é qualquer Escort. Na época, os vidros escurecidos não eram comuns e a pintura influenciava bastante na busca por mais discrição. Algo perfeito para a princesa de Gales, que precisava driblar diariamente os "paparazzi". Foi então que a realeza pediu uma mudança no Escort da Lady Di. Ao invés da cor Diamond White (branca) na carroceria, tal como os mais de 5.000 exemplares fabricados desta configuração, optou-se pelo tom preto.

Silverstone Auctions/Divulgação

Mas não para por aí. A grade dianteira também foi modificada e, em vez de três barras, como no modelo original (foto abaixo), veio com o componente das demais versões, composto por cinco filetes. Informações apontam que outro exemplar idêntico foi comprado pela família real. Ou seja, além do exemplar usado por Diana, havia um dublê para despistar os fotógrafos. O seu paradeiro, entretanto, é desconhecido.




Ford
Ford/Divulgação

Desempenho esportivo

O Ford Escort Turbo RS em questão rodou pouco mais de 40.000 quilômetros e passou pelas mãos de outros proprietários após Diana devolver o carro à Ford, em 1988. O modelo traz um motor 1.6 turbo de 130 cv e 18,4 mkgf. O câmbio é manual de cinco marchas. A configuração - que não chegou ao Brasil - acelera de zero a 100 km/h em 8,6 segundos.

Silverstone Auctions/Divulgação

Portanto, quem estiver interessado no Ford Escort RS Turbo Série 1 dirigido por Lady Di, basta dar seu lance na Silverstone Auctions. A tradicional casa de leilões fará o pregão no próximo dia 27, ocasião em que saberemos o valor - provavelmente milionário - do modelo.

O Jornal do Carro está no Youtube

Inscreva-se
Deixe sua opinião