Futuro imaginado para os carros depende do 5G

Tecnologia de telefonia móvel da nova geração será essencial para garantir que carros seja tão modernos quanto o prometido

5g
5G é essencial para que as tecnologias pensadas funcionem em breve Crédito: QUALCOMM/DIVULGAÇÃO

O leilão para a internet 5G está marcado no Brasil para o segundo semestre deste ano, com chegada prevista só para meados de 2021. No resto do mundo, uma briga entre EUA e China tenta provar qual o sistema mais eficiente. Independentemente do resultado, é importante saber que ela será essencial para o futuro da indústria automotiva.

Carros voadores, autônomos, V2X e toda sorte de futurologias automotivas vão depender do 5G, que tem velocidade de envio e recepção de dados entre 10 e 20 vezes mais rápida que o 4G usado em larga escala no mundo.

5G: diferenças

Além disso, o 5G promete ampliar a rede de cobertura. Isso garantirá que os novos sistemas dos veículos funcionem de forma mais eficiente, sem as chamadas áreas de sombra. A meta é evitar as falhas atuais, sobretudo em regiões densamente habitadas e com maior tráfego de dados. A promessa é de que o 5G permaneça sempre estável, sem as variações de hoje para 3G, H e G.

A chegada de carros cada vez mais conectados também está criando novas oportunidades para os setores de serviços. Entre as inovações está a capacidade do proprietário atualizar alguns sistemas do carro remotamente. Essas funcionalidades já começam a ser oferecidas por marcas com Audi e BMW, por exemplo. E está presente em maior escala nos modelos da Tesla.

Esse sistema funciona por meio do recurso “Over The Air”. Mesmo à noite, na garagem de casa, ou enquanto o carro está no estacionamento do escritório, o “upgrade” pode ser feito por Wi-Fi á distância.

Para garantir que os carros “conversem entre si e troquem informações” a velocidade de conexão dever ser rápida. E isso só será possível com o 5G. Essa é a base do V2X, nome da comunicação do carro com semáforos, estações de emergência e empresas, entre outros, sem intervenção do motorista.

Futuro 100% conectado depende do 5G

Com isso, a implantação de redes 5G é fundamental para que os sistemas de condução autônoma funcionem de forma eficiente.Caso contrário, a atualização de mapas de trânsito, por exemplo, ficará comprometida. A possibilidade de troca de informações entre os veículos e o entorno é fundamental para reduzir os engarrafamentos, um dos maiores problemas das grandes cidades.

Os sistemas de inteligência artificial, presentes neste tipo de implementação que vem por aí, também vão depender do 5G. Em um futuro próximo, o carro poderá aprender as preferências do usuário e sugerir novos percursos, além de oferecer serviços.

Ele também será importante para a chamada internet das coisas. Até eletrodomésticos, como geladeiras, serão cada vez mais conectados. O aumento da demanda requer redes de comunicação mais rápidas e eficientes.



Ofertas exclusivas

Veja todas as condições especiais

Notícias relacionadas


Ofertas 0KM

Mais ofertas

Mais ofertas exclusivas

Veja todas as condições especiais