Você está lendo...
GM tem sedã elétrico mais barato que Onix Plus que roda 500 km
Notícias

GM tem sedã elétrico mais barato que Onix Plus que roda 500 km

Sedã elétrico da GM completa a linha junto do Starlight PHEV, que faz sucesso entre os eletrificados na China; modelo da Wuling tem amplo espaço

Rodrigo Tavares, especial para o Jornal do Carro

15 de abr, 2024 · 4 minutos de leitura.

Publicidade

Wuling Starkight EV é sedã elétrico da GM na China
Crédito:Wuling/Divulgação

A Wuling, uma joint-venture entre a chinesa SAIC e a General Motors, anunciou seu primeiro sedã elétrico: o Wuling Starlight EV. O modelo agora complementa a linha de sedãs eletrificados acessíveis, junto do Starlight PHEV, híbrido plug-in. A título de curiosidade, a versão, híbrida, por exemplo, foi lançada em novembro do ano passado e já vendeu 50 mil unidades na China.

Contudo, para ser acessível, o preço também precisa ser, e é: pede-se 109.800 yuan pelo Starlight EV. Isso equivalente a R$ 77.000 em conversão direta, por exemplo. Um valor menor até do que o pedido por um Chevrolet Onix Plus no Brasil, que custa a partir dos R$ 99.490, em sua versão básica 1.0 aspirado.



O modelo tem base na plataforma Tianyu EV. Isso pode permitir a produção de versões híbridas plenas e elétrica com autonomia estendida por um motor a gasolina, por exemplo. A versão EV diferencia-se da híbrida pela frente “lisa”, sem tomadas de ar. E também pela ausência da barra de LED que percorre a frente do carro.

Publicidade


Sedã elétrico da GM tem dimensões de carro grande

Wuling/Divulgação
Wuling/Divulgação

O mercado chinês gosta de sedãs grandes, e o Starlight EV, mesmo feito para ser acessível, não é exceção. Por lá, o modelo mede 4,83 m de comprimento, 1,86 m de largura e 1,51 m de altura, além de um longo entre-eixos, de 2,80. Para se ter uma ideia, é bem mais do que oferece o Onix Plus e o finado Cruze, por exemplo. O coeficiente aerodinâmico também é bom, de 0,22 Cd.

Para mover o sedã da GM, há um motor elétrico de 136 cv, alimentado por duas baterias LFP, ou por uma de 41.9 kWh, com alcance elétrico de 410 km (WLTP), ou de 54.3 kWh, para rodar 510 km entre as recargas. Sua velocidade máxima, no entanto, é de 150 km/h. Internamente, apresenta uma tela de 8,8 polegadas por padrão, mas a central multimídia pode ter 10,1 ou 15,6 polegadas.


Wuling/Divulgação
Visual arrojado ajuda na aerodinâmica (Wuling/Divulgação)

Por fim, o que agrada em um sedã é o porta-malas, e o Starlight tem 540 litros. O modelo está atualmente em pré-venda, que vai até o dia 31 de maio, mas o carro em si só será apresentado ao público durante o Salão de Pequim, durante o final do mês de abril.

O Jornal do Carro também está no Instagram!


O Jornal do Carro está no Youtube

Inscreva-se
Chevrolet Spin 2025: veja tudo o que mudou no carro de 7 lugares

Deixe sua opinião