Você está lendo...
Um mês após estrear, Caoa Chery Tiggo 7 Sport vai subir de preço
SUMMIT MOBILIDADE: Clique e garanta o seu ingresso promocional Saiba Mais
Mercado

Um mês após estrear, Caoa Chery Tiggo 7 Sport vai subir de preço

De acordo com publicação, Caoa Chery Tiggo 7 Sport deve encarecer em R$ 5.000; marca deve manter valores apenas para quem der sinal

Vagner Aquino, especial para o Estadão

13 de abr, 2024 · 4 minutos de leitura.

Publicidade

Caoa Chery
SUV médio chegou às lojas em março com preço de SUV compacto
Crédito:Vagner Aquino/Especial para o Estadão

No final de fevereiro, a Caoa Chery jogou uma bomba na concorrência. À época, a fabricante lançou a versão de entrada do Tiggo 7 (a Sport) e jogou o preço lá embaixo. Por R$ 134.990, o modelo chegou a incomodar até mesmo players de segmentos mais baixos, como SUVs compactos, por exemplo. Entretanto, a marca fará um leve reajuste. E já deve valer neste mês.



De acordo com o site WM1, o aumento deverá girar em torno de R$ 5.000. Assim, o preço sugerido passaria para R$ 139.990. A publicação aponta que “a Caoa Chery vai assegurar o preço atual (do lançamento) para quem der sinal de R$ 10 mil. No entanto, para os clientes que apenas demonstrarem interesse pelo carro, sem a realização do sinal, o preço atual não será garantido”.

Como é o Tiggo 7 Sport?

Com lista de equipamentos mais enxuta e motor menor, o Tiggo 7 Sport chegou ao mercado, em março, como o SUV médio mais barato do Brasil. Visualmente, o modelo não recebeu mudanças, entretanto, a lista de série diminuiu de forma significativa. Nele, itens como câmera 360°, teto solar panorâmico, entre outros itens, foram extintos. Também não oferece o pacote de assistência à condução Max Drive, disponível nas variantes mais caras.

Publicidade


Caoa Chery
Vagner Aquino/Especial para o Estadão

Mesmo retirando alguns itens de cena, o SUV vem bem completo, com central multimídia de 10,25″, painel de instrumentos digital de 12,3″, câmera de ré, sensor de chuva, freio de estacionamento eletrônico, carregador de celular por indução, retrovisor eletrocrômico, chave presencial e partida remota. As rodas, por sua vez, continuam com 18 polegadas, todavia, com acabamento mais simples.

Embora mantenha as demais medidas, o porta-malas ficou maior. Isso se deve ao rebaixamento do assoalho do compartimento. Com 50 litros extras, foi para 525 litros, no total. Do outro lado do carro,sob o capô dianteiro, fica o motor 1.5 turboflex da configuração Pro Hybrid Max Drive, mas sem o uso da unidade elétrica, de 48 volts. Desse modo, o propulsor do Tiggo 7 Sport gera 147 cv com gasolina e 150 cv com etanol. Já o torque é de 21,4 mkgf com os dois combustíveis. Câmbio: automático do tipo CVT, que simula nove marchas.


Siga o Jornal do Carro no Instagram!

O Jornal do Carro está no Youtube

Inscreva-se
Caoa Chery Tiggo 8 Pro Plug-in Hybrid
Oferta exclusiva

Caoa Chery Tiggo 8 Pro Plug-in Hybrid

Deixe sua opinião