Você está lendo...
Honda City hatch será feito no Brasil e não aposentará o Fit
Notícias

Honda City hatch será feito no Brasil e não aposentará o Fit

A Honda apresentou na Tailândia a nova geração do City hatch. O modelo já foi registrado no Brasil, junto com... leia mais

José Antonio Leme

24 de nov, 2020 · 5 minutos de leitura.

honda city hatch
HONDA CITY HATCH
Crédito:Divulgação/Honda

A Honda apresentou na Tailândia a nova geração do City hatch. O modelo já foi registrado no Brasil, junto com o sedã, e será a novidade da marca por aqui para 2021. S+, SV e RS serão as versões oferecidas do City hatch na Tailândia.

O City hatch tem similaridades com o sedã, mas também traços próprios, que ainda assim lembram outros modelos. As lanternas e os faróis, além da curvatura do teto remetem ao hatch médio da Mercedes-Benz, o Classe A. Do sedã vêm os faróis e os LEDs diurnos, o capô, o para-choque dianteiro e a grade.



HONDA

Sob o capô o aguardado motor 1.0 três cilindros e turbo. Ele é o menor motor da família que tem também o 1.5 turbo do Civic e 2.0 turbo do Accord. No ajuste para a Tailândia, ele rende 122 cv a 5.500 rpm e 17,6 mkgf entre 2 mil rpm e 4.500 rpm. Sem surpresas, a Honda manteve uma transmissão automática CVT.

Por dentro, o City hatch vai apostar em um velho conhecido dos brasileiros, o sistema de bancos retráteis do Fit. Um dos maiores sucessos do monovolume/hatch vai estar presente também no hatch. Isso garante diversas formar de utilizar o espaço interno ao modular os bancos do passageiro e o traseiro.

city hatch
HONDA

Equipamentos

Além disso, a depender da versão escolhida, o City hatch vai oferecer uma central multimídia com tela sensível ao toque de oito polegadas com integração a Android Auto e Apple CarPlay. Há ainda entradas USB, aletas para trocas de marcha, controle de velocidade de cruzeiro (piloto automático).

O City hatch terá até oito alto-falantes, câmera traseira com até três ajustes, seis air bags, controles de tração e estabilidade, assistente de partida em rampa e chave presencial com partida por botão, ar-condicionado automático, entre outros.

HONDA

Frenagem autônoma pode ser novidade no City hatch

A versão híbrida do City hatch tem o pacote Honda Sensing. Não foi divulgado se estará disponível nas demais versões. Esse pacote inclui frenagem autônoma de emergência com alerta de colisão, controle de velocidade adaptativo (ACC), alerta de saída da faixa de rolagem com auxílio no volante e farol alto automático.

O Jornal do Carro está no Youtube

Inscreva-se

Dimensões

O City hatch tem 2,58 m de entre-eixos, 4,34 de m de comprimento, 1.74 m de largura e 1,48 m de altura. O tanque de combustível tem 40 litros. Como método de comparação, o Volkswagen Polo, um de seus principais concorrentes por aqui tem 2,56 m de entre-eixos, 4,05 m de comprimento, 1,75 de largura e 1,46 m de altura. O tanque tem 52 litros.


Já o "irmão" Fit tem 2,53 m de entre-eixos, 4,09 m de comprimento, 1,69 m de largura e 1,53 de altura. O tanque de combustível tem 45 litros, já que o motor 1.5 certamente é menos econômico do que o futuro 1.0 turbo.

Outros rivais do City hatch serão o Toyota Yaris, o Fiat Argo, o Chevrolet Onix, Peugeot 208, novo Renault Sandero e Hyundai HB20 nas versões mais caras.

HONDA