Você está lendo...
JAC E-JS1, primeiro elétrico avaliado no Latin NCAP, zera teste de colisão
Notícias

JAC E-JS1, primeiro elétrico avaliado no Latin NCAP, zera teste de colisão

Com desempenho decepcionante, JAC E-JS1 recebe zero estrelas do Latin NCAP; novo Kia Sportage não empolga e Mitsubishi Outlander gabarita

João Del Arco, Especial para o Jornal do Carro

13 de dez, 2022 · 5 minutos de leitura.

Publicidade

Jac E-JS1
Veja a lista dos modelos a venda no Brasil que já zeraram no Latin NCAP
Crédito:Latin NCAP/divulgação

O Latin NCAP divulgou nesta terça-feira (13) a sexta e última rodada de testes de impacto feitos em 2022. Mais uma vez, com um destaque negativo. O JAC E-JS1, primeiro carro elétrico avaliado na história do programa, recebeu nota zero. E não foi apenas na pontuação geral. Isso porque a proteção de passageiros adultos foi igualmente avaliada com zero (0,00%). Resultado muito pior que o da Fiat Strada, por exemplo, que recebeu apenas uma estrela.

Jac E-JS1
Latin NCAP/divulgação

Contudo, a picape da marca italiana recebeu nota de 47,47% na proteção para ocupantes adultos na ocasião. Ou seja, um resultado superior. Feito na China, o hatch elétrico da JAC traz apenas dois airbags frontais, o mínimo exigido por lei. Mas este não é o maior problema. Segundo o Latin NCAP, o E-JS1 oferece "estrutura instável" no geral, inclusive na região dos pés. Essa afirmação é perceptível pelo próprio vídeo do teste (veja abaixo). Nele, é possível ver que a coluna dianteira se deforma de forma acentuada, um claro indício de fragilidade estrutural.

Publicidade


Dessa forma, a proteção para o tórax do motorista foi considerada pobre, com "uma alta probabilidade de ferimentos com risco de vida", alerta o Latin NCAP. Para piorar a situação, o sistema de corte de emergência para evitar o risco de choque elétrico após um impacto não funcionou. Assim, há chance de os ocupantes ou terceiros receberem uma descarga elétrica.

Nos demais aspectos avaliados, o JAC E-JS1 decepcionou igualmente. A proteção para ocupantes infantis recebeu nota de 6,34%, seguido de 20,25% na proteção de pedestres e usuários vulneráveis, e de 6,98% na assistência à segurança. Com isso, o modelo não angariou uma única estrela na tradicional escala que vai de zero a 5 estrelas.




Canal do Jornal do Carro no Youtube avaliou o elétrico JAC E-JS1

Sportage não empolga e Outlander gabarita

Outro modelo à venda no Brasil cuja avaliação foi divulgada hoje é o novo Kia Sportage. No geral, o SUV recebeu 3 estrelas. Segundo o Latin NCAP, a proteção para passageiros adultos atingiu 82,31%. Para os infantis, ficou em 71,57%, enquanto a proteção de pedestres e usuários vulneráveis ficou em 47,56%. Na assistência à segurança, obteve medianos 55,81%. Pesou na nota geral o fato de o Sportage oferecer como opcional itens que poderiam melhorar sua nota.

Kia Sportage
Latin NCAP/divulgação

O único modelo avaliado com nota máxima nesta rodada foi o novo Mitsubishi Outlander. Indisponível no mercado brasileiro por enquanto, o SUV japonês recebeu notas muito boas para a proteção de passageiros adultos (90%) e para crianças (91%). Assim como na assistência à condução, com pontuação de 84%. Já a proteção para pedestres e usuários vulneráveis foi a menor (54,71%), mas insuficiente para impedir o SUV de conquistar as cinco estrelas máximas.

O Jornal do Carro está no Youtube

Inscreva-se
Mitsubishi Eclipse Cross RUSH
Oferta exclusiva

Mitsubishi Eclipse Cross RUSH

Deixe sua opinião