Você está lendo...
Jornal do Carro celebra 40 anos e acelera forte nas plataformas digitais
História

Jornal do Carro celebra 40 anos e acelera forte nas plataformas digitais

Marca Jornal do Carro surgiu como caderno quinzenal, ganhou força no mundo digital e se transformou em multiplataforma de conteúdo e negócios

Tião Oliveira

03 de ago, 2022 · 5 minutos de leitura.

Jornal do Carro
Jornal do Carro, suplemento do Estadão, completa 40 anos de circulação completamente renovado e digital
Crédito:JORNAL DO CARRO/ESTADÃO

O Jornal do Carro completa 40 anos nesta quinta-feira (4). A marca, que surgiu como um suplemento impresso, virou site e, mais recentemente, multiplataforma de conteúdo e negócios. Além da edição em papel, que continua sendo publicada às quartas-feiras, a marca está na web por meio de página eletrônica, redes sociais, bem como canal de vídeo. E também se transformou em geradora de eventos.

Por isso, desde a primeira edição, o Jornal do Carro trouxe as tabelas que, em pouco tempo, tornaram-se referência para particulares e comerciantes de veículos. Como havia duas publicações por mês, os valores estavam sempre atualizados, independentemente das oscilações do mercado.

Capas Jornal do Carro
JORNAL DO CARRO/ESTADÃO

Estreia premiada

Logo no primeiro ano de circulação, o JC foi reconhecido no Prêmio Abraciclo ? de grande importância e destaque no setor ? por uma reportagem sobre como conduzir motocicletas de forma segura.
Em 1983, o suplemento passou a ser semanal. Dessa forma, os leitores podiam acompanhar a velocidade das transformações do setor, e as oscilações de preços dos usados.

Em 2003, foi criada a edição de sábado. O foco, então, era o mercado de usados, peças, acessórios e serviços. Além disso, uma das seções de maior sucesso, a Carro do Leitor, trazia reportagens nas quais os fãs do JC podiam mostrar de modelos tunados a clássicos.

Capas Jornal do Carro
JORNAL DO CARRO/ESTADÃO

Em seguida, no ano de 2005, o Jornal do Carro promoveu a primeira edição da eleição que escolheu os melhores carros do Brasil. Realizada pelo time da redação, a votação se transformou em um dos prêmios mais cobiçados pelas fabricantes e importadoras de veículos que atuam no País.

No mundo digital, a estreia ocorreu em 2006, de início com o blog no portal do Estadão e, posteriormente, no site do Jornal da Tarde. Com o fim do JT, em outubro de 2012, a edição impressa passou a ser encartada no Estadão. Mas as características fundamentais não mudaram. Ou seja, o formato tabloide e a circulação às quartas-feiras continuaram.

Jornal do Carro
JOSE PATRÍCIO/AE

Em setembro de 2013, o JC ganhou um site exclusivo. Isso logo abriu um leque de novas opções, como os vídeos de avaliações de veículos, comparativos, reportagens com dicas de manutenção, assim como tecnologias inovadoras, entre outras.

Bons frutos

Por sua vez, o Estadão Mobilidade abrange temas como bicicletas, carros por aplicativos, modais de transporte público e novas tecnologias e soluções. Isso inclui cidades inteligentes. E vem muito mais por aí. Ao longo deste mês, vamos relembrar os principais fatos que marcaram esses 40 anos. Na edição impressa do dia 31, publicaremos, então, um especial com fatos e fotos históricas. Há ainda algumas surpresas, sobre as quais falaremos em breve. Fique de olho e obrigado pela companhia ao longo dessas quatro décadas.




O Jornal do Carro está no Youtube

Inscreva-se
Deixe sua opinião