Volkswagen
Volkswagen/Divulgação

Kombi elétrica ID.Buzz chega ao Brasil e posa para fotos com a original

Versão moderna (e elétrica) da Kombi vem ao Brasil para o festival Rock In Rio, mas não será vendida aqui tão cedo; ID.Buzz esgotou na Europa

Por Vagner Aquino 01 de set, 2022 · 5m de leitura.

Tal como o Jornal do Carro antecipou em agosto, a Volkswagen vai expor a ID.Buzz – a Kombi elétrica – durante o festival de música Rock in Rio. O evento começa nesta sexta-feira, dia 2, e vai até 11 de setembro, no Rio de Janeiro. Com a ação, a ideia é preparar o lançamento da linha de elétricos ID no Brasil. Até agora, só o hatch ID.3 e o SUV ID.4 foram devidamente apresentados pela marca. O ID.4 deve estrear no País ainda neste ano.

Cabe salientar, contudo, que a van fará participação especial no festival de música apenas para demonstração ao público. Não há, portanto, qualquer confirmação de vendas locais do modelo elétrico – feito em Hannover, na Alemanha, desde o começo de junho.

Volkswagen Kombi elétrica
Volkswagen/Divulgação

Características da nova Kombi

Já com todo o primeiro lote (10 mil unidades) esgotado na Europa, a VW ID.Buzz conta com motor elétrico de 204 cv, bem como torque máximo de 31,6 mkgf. A tração é traseira e a velocidade máxima fica em 145 km/h (limitada eletronicamente).

Ademais, a releitura da Kombi tem baterias de 77 kWh – capazes de recarregar em estações de até 170 kW. Trocando em miúdos, recarrega entre 5% e 80% em apenas 30 minutos. Com carga completa, alcança até 425 km. No portfólio, a ID.Buzz tem ainda a versão Cargo, que usa o mesmo conjunto elétrico, mas é um furgão com autonomia de 423 km.

Kombi elétrica
Volkswagen/Divulgação

No Velho Continente, o ID.Buzz tem preço base de 54.430 euros (quase R$ 283 mil na conversão direta) na configuração Cargo. Já o modelo para passageiros, assim, parte de 64.581 euros (R$ 335.500).

Tecnologia de ponta

Mesmo com motor elétrico e design futurista, o ID.Buzz se inspirou na primeira geração da Kombi. Inclusive, aposta na pintura saia-e-blusa. Mas a plataforma modular elétrica (MEB) do Grupo Volkswagen traz para a van várias tecnologias de última geração.


Volkswagen kombi elétrica
Volkswagen/Divulgação

Na lista, tem frenagem automática de emergência com detecção de pedestres e ciclistas, sensores de obstáculos dianteiros e traseiros e assistente de mudança de faixa, por exemplo. No mais, vem com partida sem chave e controle de cruzeiro adaptativo.

Além disso, tem ar-condicionado automático de duas zonas, volante multifuncional e faróis full LEDs. O quadro de instrumentos tem tela de 5,3 polegadas. Já na multimídia, 10″ (ou 12″, como opcional) com espelhamento Android Auto e Apple Carplay sem uso de fios.

VW ID.Buzz Kombi elétrica
Volkswagen/Divulgação

Modelo sustentável desde a concepção

Para enfatizar a ideia de sustentabilidade, a nova Kombi utiliza, por exemplo, materiais ecológicos em sua fabricação, dentre eles o couro sintético que reveste os bancos. Desse modo, os tapetes e os painéis de portas e frontal utilizam matéria-prima reciclável.

Por fim, vale ressaltar que o objetivo da Volkswagen é produzir e comercializar a Kombi elétrica também nos Estados Unidos e, assim, chegar à produção de 120 mil unidades a partir de 2024. E o futuro reserva mais surpresas, como versões com seis e sete lugares (a atual tem 5). O mais provável é que a ID.Buzz chegue ao Brasil dentro de dois anos.

O Jornal do Carro está no Youtube

Inscreva-se
Newsletter Jornal do Carro

Complete seu cadastro para receber as últimas notícias do Jornal do Carro diretamente no seu e-mail.

Campo obrigatório
Campo obrigatório
Cep inválido
CPF/CNPJ inválido
Telefone inválido
Tudo certo!

Seu cadastro foi enviado. Em breve você receberá as últimas notícias do Jornal do Carro diretamente no seu e-mail.