Você está lendo...
Latin NCAP: Argo e Cronos zeram teste de colisão, Taos ganha 5 estrelas
Notícias

Latin NCAP: Argo e Cronos zeram teste de colisão, Taos ganha 5 estrelas

Resultados divulgados pelo Latin NCAP revelam que o SUV da Volkswagen é o primeiro modelo a ganhar cinco estrelas com os novos protocolos

Vagner Aquino, especial para o Jornal do Carro

03 de dez, 2021 · 6 minutos de leitura.

Latin NCAP
Volkswagen Taos é o único modelo a receber 5 estrelas em nova configuração de testes e vira exemplo
Crédito:Latin NCAP/Divulgação

Uma nova rodada de testes do Programa de Avaliação de Carros Novos para América Latina e o Caribe (Latin NCAP) foi divulgada nesta sexta-feira (3). Mais rígido desde o ano passado, o programa fez duas novas vítimas: Fiat Argo e Cronos. Ambos zeraram o testes de colisão - ante 3 estrelas obtidas em crash-test de 2019. Por outro lado, tem quem comemore. O Volkswagen Taos foi o primeiro modelo a ganhar cinco estrelas no mais recente protocolo sugerido pelo órgão.

Latin NCAP/Divulgação

O SUV da VW, produzido no México e na Argentina (de onde é importado ao Brasil) conseguiu resultados satisfatórios pela boa lista de equipamentos. O modelo possui, de série, Isofix, seis airbags e controle eletrônico de estabilidade (ESC). O opcional sistema de frenagem autônoma de emergência (AEB), disponível em, ao menos, 50% do volume de produção, se mostra, no entanto, fundamental para cumprir os requisitos.


De acordo com o Latin NCAP, o Taos atingiu 90,2% em proteção de ocupantes adultos. Foram, ainda, 89,9% em proteção de ocupantes infantis e, por fim, 60,6% na proteção de pedestres e usuários. O veículo também obteve 85% em sistemas de assistência à segurança. Para aferição desses números, foram realizados testes de impacto frontal, impacto lateral, impacto lateral de poste, chicotada cervical e proteção de pedestres.

Os bons números "são um marco nos mais recentes protocolos e representam o desafio para todos os fabricantes de buscarem a mais alta classificação por estrelas", acredita Alejandro Furas, secretário geral do Latin NCAP. Ele, a princípio, parabeniza a Volkswagen pelo feito. Entretanto, o executivo ameniza a decepção com o resultado de Argo e Cronos. "Estou ansioso pelo compromisso da Fiat em melhorar os modelos", diz.


Testes com Argo e Cronos

Solicitada pelo Latin NCAP a melhorar seus produtos "o mais rápido possível", a Fiat precisa apresentar em breve uma solução ao consumidor. E isso precisa vir em forma de acréscimo de itens de série. Afinal, as versões brasileira e argentina de Argo e Cronos testadas têm apenas airbags frontais e não possuem ESC padrão.

Em números, atingiram 24,4% em proteção de ocupantes adultos, 9,9% em proteção de crianças, 36,9% em proteção de pedestres e 7% em sistemas de assistência à segurança. Em síntese, a proteção de pedestres apresentou "o pior desempenho desde que o Latin NCAP começou a avaliar esse quesito, em 2020", destaca o órgão.

Procurada pelo Jornal do Carro, a Fiat se posicionou por meio de nota. "A Stellantis (detentora da Fiat) informa que todos os seus veículos cumprem as recomendações e normas homologatórias vigentes ligadas à segurança". Nesse sentido, não se fala em melhorias ou pedido de reavaliação pelo órgão que avaliação a segurança dos carros na região.


Em 2019

Em 2019, todavia, o Latin NCAP havia avaliado a dupla Argo e Cronos (também fabricados na Argentina e no Brasil). À época, alcançaram três estrelas para ocupantes adultos e quatro estrelas na proteção do ocupante infantil.

Mas, de acordo com os requisitos dos protocolos de avaliação, o órgão tem o direito de auditar qualquer teste patrocinado a qualquer momento. Assim, o resultado dos testes de auditoria mostrou que, no impacto lateral, a cabeça do adulto registrou valores elevados que ultrapassam os limites dos valores permitidos.


Latin NCAP
Latin NCAP/Divulgação

Ou seja, por meio da realização de novos cálculos, o resultado caiu para zero estrela para o ocupante adulto. A atualização do resultado de 2019 já está no site do Latin NCAP (consulte).

"Não fosse pelo Latin NCAP, não poderíamos ter conhecimento da baixa segurança que o Fiat Argo/Cronos oferece não só aos consumidores, mas também a todas as pessoas que circulam nas ruas. Chamamos a atenção para que a Fiat tenha carros mais seguros", pondera Stephan Brodziak, presidente do comitê de direção do Latin NCAP.


O Jornal do Carro está no Youtube

Inscreva-se
Fiat Pulse DRIVE 1.3 AT
Oferta exclusiva

Fiat Pulse DRIVE 1.3 AT