Notícias

Mini Cooper elétrico chega ao Brasil e já pode ser reservado a partir de R$ 239.990

Mini traz duas versões do elétrico ao Brasil. Montadora afirma que modelo desenvolve até 184 cv e roda até 234 km por R$ 30

Emily Nery, para o Jornal do Carro

04 de mar, 2021 · 5 minutos de leitura.

Mini Cooper S E elétrico" >
Mini Cooper S E elétrico
Crédito:MINI/ Divulgação

Um mês após confirmar a vinda do elétrico Mini Cooper S E ao Brasil, o Grupo BMW anuncia a pré-venda do modelo, que chega em duas versões a partir de R$ 239.990. Vale lembrar que a configuração de zero emissões será a primeira da linha 2022 a ser vendida no Brasil.

Já atualizado, o hatch traz algumas novidades visuais, como a grade maior, novos para-choques dianteiros e traseiros e o novo posicionamento das luzes de neblina. Além disso, o conjunto óptico com luzes de LED deixa o acabamento cromado de lado e adota molduras na cor preta.

O que não muda, contudo, é o tradicional grafismo nas lanternas “Union Jack”, que remete à bandeira do Reino Unido, terra natal da Mini.

Mini Cooper S E elétrico
MINI/ Divulgação

Motor elétrico produz até 184 cv de potência

Fabricado em Oxford, na Inglaterra, o carro é equipado com uma bateria de íon-lítio de 32,6kWh que alimenta o motor elétrico. Ele entrega uma potência máxima de até 184 cv e 27,5 mkgf de torque instantâneo. Esse conjunto mecânico faz o veículo rodar até 234 km sem necessidade de recarga.

No entanto, o motorista pode recarregar o elétrico em uma tomada doméstica com o carregador portátil ou com carregadores rápidos como o MINI Wallbox, por exemplo. Na rua, carregadores de corrente contínua são compatíveis com o veículo.

De acordo com a Mini, quem optar por carregar o hatch na residência, gastará cerca de R$ 30. Este valor refere-se ao preço da energia elétrica em São Paulo e pode variar de acordo com a bandeira tarifária no período de recarga.

Mini Cooper S E elétrico
MINI/ Divulgação

Com o intuito de reforçar a infraestrutura de carregamento, o Grupo BMW conta com uma rede de recarga gratuita com mais de 250 pontos em todo o país.

Quem confirmar a compra entre março e maio de 2021, adquire 3 anos de serviços inclusos, 3 anos de garantia, bem como um carregador rápido do tipo Wallbox. O cliente que financiar o veículo com a MINI Serviços Financeiros ainda ganha a instalação do carregador rápido.

Versões a partir de R$ 234.990

A fabricante apresente o novo produto em duas versões. A primeira, Exclusive, custa R$ 234.990 e recebe itens como painel digital de 5″ e central multimídia com tela touchscreen de 8,8″ com sistema de navegação e compatível com Apple CarPlay.

Além disso, ele ganha serviços digitais do MINI Connected gratuitos por um mínimo de três anos, sensor e câmera de ré, ar-condicionado dual-zone e teto solar panorâmico.

Mini Cooper S E elétrico
MINI/ Divulgação

De série, o Mini S E traz 6 airbags, controle de cruzeiro com ajuste velocidade, sensor de estacionamento traseiro e dianteiro e sensor de chuva. Já os faróis baixos contém acionamento automático.

Por R$ 264.990, a versão Top foca sobretudo na segurança. A Mini a equipa com todos os equipamentos da versão de entrada, mais assistente de estacionamento com sensores de estacionamento dianteiro e traseiro.

Continua depois do anúncio

Para conectividade, ele oferece head up display, sistema de Navegação MINI com informação de trânsito em tempo real, serviço de ConnectedDrive com função Amazon Alexa. Durante três anos, a montadora dispõe do serviço de Concierge gratuito.