Você está lendo...
Nissan mostra novo X-Trail que virá ao Brasil
Notícias

Nissan mostra novo X-Trail que virá ao Brasil

Nova geração do SUV médio da Nissan já foi registrada no INPI no Brasil, é esperado para 2021 para brigar com o Compass

Redação

17 de jun, 2020 · 6 minutos de leitura.

x-trail
NISSAN X-TRAIL 2021
Crédito:NISSAN

A Nissan não pode fazer uma apresentação física, mas não deixou que isso evitasse a revelação da nova geração do novo X-Trail. O modelo, inclusive, mesmo antes de ser apresentado já era esperado para o Brasil. As patentes do modelo foram registradas no Instituto Nacional de Propriedade Industrial (INPI) e ele é esperado para 2021. Quando vier, vai brigar com o Jeep Compass, VW Tiguan e Chevrolet Equinox, entre outros.

Em termos de visual, o novo X-Trail traz a evolução da linguagem "V-Motion", que está presente em outros carros da marca. Ele está com uma dianteira mais pronunciada e a grade maior e que dá um ar mais "parrudo" ao modelo. A mudança é equivalente a que ocorreu no facelift do Kicks híbrido. Do irmão menor também há similaridades com os faróis mais estreitos e invadindo as laterais. No caso do X-Trail eles ainda são bipartidos.



x-trail

NISSAN

Dimensões

Produzido sobre uma versão melhorada da plataforma CMF-C/D, a modular para veículos médios da Renault-Nissan, o novo X-Trail está um pouco menor em números. São 2,5 mm a menos no entre-eixos, 53 mm a menos na altura do teto e os para-choques também foram reduzidos em 43 mm. Isso representa 4,65 metros de comprimento, 1,84 m de largura, 1,70 m de altura e entre-eixos de 2,71 m.

Apesar disso, o modelo tem mais espaço para quem vai atrás. Aumentou em quase 2 centímetros o espaço para a cabeça e das pernas. Em relação a geração anterior, o X-Trail perdeu a opção de terceira fileira de bancos, passando a ser exclusivamente para cinco pessoas. O porta-malas, segundo a Nissan, tem 1.112 litros (até o teto).

x-trail

NISSAN

X-Trail: equipamentos

Em termos de equipamento, o SUV agora oferece uma tela de 8 polegadas para a central multimídia com integração aos sistemas Apple CarPlay e Android Auto. Há uma tela opcional de 9". Dependendo da versão, ela traz integrada sistema GPS via satélite.

O painel de instrumentos tem uma tela de computador de bordo de 7" no lugar da antiga de 5". Nas versões de topo, Platinum, há o painel virtual, com tela de 12,3" e head-up diplay de 10,8". O último é o sistema que projeta no para-brisa algumas informações do painel, evitando que o condutor tire os olhos da pista.  A alavanca de câmbio agora é um seletor eletrônico no console central e a área traz também as entradas USB dos tipos A e C, que é a mais nova e mais rápida.

x-trail

NISSAN

Para a versão mais completa, o SUV vai oferecer revestimento de couro, sistema de direção semiautônoma, que combina o leitor de saída de faixa com o cruzeiro de velocidade adaptativo para guiar o carro sozinho. O sistema tem ainda frenagem autônoma incluída com detecção de pedestres. Traz ainda carregador sem fio de smartphone, sistema de som Bose com 10 alto-falantes, luz ambiente, entre outros.

O Jornal do Carro está no Youtube

Inscreva-se

Mecânica

O sistema de suspensão substituiu os antigos coxins de borracha, que eram quatro, por seis novos rígidos. Isso garante mais estabilidade, especialmente na hora de fazer curvas para a carroceria. A Nissan também revisou a calibragem da suspensão traseira, de estilo multi-link.


Sob o capô, o único motor divulgado até o momento é o quatro-cilindros de 2,5 litros, aspirado, que rende 184 cv e 25 mkgf. Esse propulsor vem acoplado a uma transmissão automática CVT. O trem de força pode vir associado a tração dianteira ou integral em todas as versões: S, SV, SL e Platinum.

x-trail
NISSAN
Deixe sua opinião