Você está lendo...
Nova geração do Corsa é registrada no Brasil
Notícias

Nova geração do Corsa é registrada no Brasil

Novo Opel Corsa, agora do Grupo Peugeot, é registrado no Brasil, mas não deve chegar ao País

Redação

19 de dez, 2019 · 3 minutos de leitura.

corsa
REGISTRO DO OPEL CORSA
Crédito:REPRODUÇÃO

A memória afetiva do brasileiro guarda com carinho a lembrança do nome Corsa. O modelo que fez sucesso na década de 90 e início dos anos 2000 nas mãos da Chevrolet, pode voltar ao País, mas agora como parte do Grupo Peugeot-Citroën.

A nova geração do Opel Corsa foi registrada no Brasil, no Instituto Nacional de Propriedade Industrial (INPI). A marca que antes pertencia ao grupo GM, agora pertence ao grupo PSA Peugeot-Citroën.

O novo Corsa é o primeiro produto da Opel sob o comando da PSA. O modelo usa a mesma base do novo Peugeot 208, que chegará ao País em 2020, a plataforma modular CMP. O hatch da Peugeot será produzido na fábrica de El Palomar, na Argentina.


corsa
REPRODUÇÃO

Corsa: motores

Tal qual o Peugeot 208, o Opel vem equipado com os motores três cilindros de 1,2 litro nas versões aspirada e turbo. A primeira rende 75 cv e a segunda 130 cv, sempre rodando com gasolina.

O motor 1.2 aspirado já é oferecido na atual geração do 208 e também no Citroën C3. Com tecnologia flexível, o propulsor entrega até 90 cv e 13 mkgf. A versão turbo irá estrear no novo 208.


Apesar da emoção de poder ter o Corsa de volta, dificilmente o modelo volta às ruas do País. O modelo viria importado o que tornaria o preço nada convidativo e pouco competitivo com as taxas de importação.

Na Europa, o Corsa está na sua sexta geração. Por aqui, tivemos apenas duas gerações do hatch compacto, a segunda e a terceira. Nesta nova, há ainda uma versão elétrica, o e-Corsa, assim como ocorre com o Peugeot 208. O motor elétrico rende 137 cv e a bateria oferece 330 km de autonomia com uma carga completa.

corsa

OPEL/DIVULGAÇÃO

corsa
OPEL/DIVULGAÇÃO


Chevrolet Tracker 1.2 Turbo Premier
Oferta exclusiva

Chevrolet Tracker 1.2 Turbo Premier

Deixe sua opinião