Você está lendo...
Novo Citroën C3 entra em produção no RJ e chega às lojas em abril; veja o que já sabemos
Lançamentos

Novo Citroën C3 entra em produção no RJ e chega às lojas em abril; veja o que já sabemos

Com estilo de SUV e promessa de preço acessível, novo Citroën C3 é o primeiro de três modelos que serão feitos na fábrica de Porto Real (RJ)

Diogo de Oliveira

20 de mar, 2022 · 6 minutos de leitura.

Novo Citroën C3
Novo Citroën entre em linha na fábrica de Porto Real, no sul do Rio de Janeiro, e vendas começam em abril
Crédito:Citroën/Divulgação

A Citroën está prestes a iniciar em uma nova era para a marca no mercado brasileiro e na América do Sul. Sob gestão da Stellantis, a francesa começou a produzir o novo C3 na fábrica de Porto Real, no sul do Rio de Janeiro. O hatch compacto, que agora tem estilo de SUV, está na reta final de lançamento e chega em abril às lojas de todo o País.

O novo C3 é o primeiro carro da PSA Peugeot Citroën feito sobre a nova plataforma CMP (Common Modular Platform). Para receber a arquitetura, a fábrica recebeu novos robôs e um investimento total de R$ 220 milhões. Essa mesma base dará origem a três modelos. O primeiro será o C3, o segundo, provavelmente, o novo Aircross, e o terceiro, um sedã.


Reconstrução da marca

Com esses três modelos, a Citroën pretende escalar o ranking das marcas e dar um salto em participação de mercado. Atualmente, a francesa tem apenas um produto nas lojas daqui - o C4 Cactus. Mas isso promete mudar rapidamente dentro dos próximos 3 anos. Em 2021, a marca do duplo chevron somou só 23.354 unidades, ficando com 1,8% de share.

Pois o novo C3 vem justamente mudar esses números. O compacto vai continuar a apostar em linhas verticais, porém, desta vez, com frente e traseira mais altas - e não só o teto arqueado que marcou as gerações anteriores. Visualmente, o hatch entrega um porte mais robusto e traz o novo desenho da Citroën, com os faróis em formato de "Y".



Novo Citroën C3
Leo Lara/Studio Cerri

Ajuda da Fiat?

Para conseguir cumprir a missão de ser um carro de volume, o novo Citroën C3 terá uma ajudinha da Fiat. O modelo feito em Porto Real deverá ter versões de entrada equipadas com o motor 1.0 Firefly flex da marca italiana. Ele se combina ao câmbio manual de cinco marchas e, assim, permitirá ao compacto ter preço inicial em torno de R$ 70 mil.

Porém, a Citroën ainda não confirmou detalhes técnicos do modelo. Além do 1.0 flex, o mini SUV tende a oferecer o motor 1.6 16V flex de 118 cv e o câmbio automático de seis marchas, presentes no Peugeot 208. Da mesma forma, poderá ter o 1.3 Firefly flex da Fiat, ou mesmo o novíssimo 1.0 turbo flex de 130 cv disponível, por enquanto, apenas no Fiat Pulse.

Novo Citroën C3
Citroën/Divulgação

Os rivais

A despeito das linhas de SUV, o novo Citroën C3 vai disputar vendas, em grande parte, com os hatches compactos. Nesse sentido, pretende incomodar Hyundai HB20 e Chevrolet Onix, por exemplo. O Pulse poderá ser um concorrente, a depender dos motores e versões. Assim como o Renault Kwid, que ganhou várias novidades em janeiro.

Citroën/Divulgação

Um trunfo contra os rivais será a cabine moderna, com uma central multimídia de 10" no topo central do painel. O equipamento terá ampla conectividade para facilitar a vida dos usuários. Assim, entre os recursos, contará com comando de voz e permitirá o espelhamento sem fio com smartphones por meio dos sistemas Android Auto e Apple CarPlay.


O painel também terá uma moldura colorida e visual descolado, bem como facilitará a integração com celulares. Isso porque o novo C3 terá nichos estratégicos no console para fixar aparelhos, dois deles próximos das saídas de ar nas extremidades, e um na parte central. O hatch contará, ainda, com três entradas USB de carregamento rápido e uma tomada de 12V.

Novo Citroën C3
Citroën/Divulgação

Quanto ao tamanho, o novo Citroën C3 deverá ter medidas próximas às do Pulse, que tem tamanho parecido com o do hatch Argo. Assim, será mais um modelo da categoria a adotar formas de utilitário esportivo. O modelo também vai apostar em customização e terá mais de 13 opções disponíveis de pintura, com possibilidade de carroceria "bitom" em duas cores.


O Jornal do Carro está no Youtube

Inscreva-se