Notícias

Nova geração do Ford Kuga está maior e mais leve

Ford Kuga chega a quarta geração com mais espaço, versão híbrida e 90 kg mais leve que a anterior

Redação

02 de abr, 2019 · 6 minutos de leitura.

ford kuga" >
FORD KUGA EM SUA QUARTA GERAÇÃO. EM ALGUNS MERCADOS ATENDE POR ESCAPE. CRÉDITO: FORD/DIVULGAÇÃO
Crédito:

A Ford finalmente apresentou a nova geração do SUV médio Kuga. O modelo que em alguns mercados como os Estados Unidos é chamado de Escape, está na quarta geração e traz algumas novidades, como versões híbridas.

O modelo foi apresentado na Europa com três opções de acabamento: Titanium, ST-Line, com aparência esportiva, e Vignale, uma denominação que a Ford só usa no velho continente para um revestimento mais requintado em seus carros. Nos Estados Unidos, onde é chamado de Escape, terá também as opções S, SE e SEL.

Nesta geração, o Ford Kuga está maior e mais leve. Usando a plataforma C2 do novo Focus europeu (que não será vendido aqui), ele ficou 90 kg mais ?magro? e com uma rigidez torcional 10% maior.

LEIA MAIS:

Em termos de espaço, o Kuga está 44 mm mais largo e 89 mm mais longo, o que dá 43 mm a mais de espaço para os ombros e 57 mm para os quadris nos bancos dianteiros. Atrás, são 20 mm e 36 mm a mais para as mesmas medidas, respectivamente. A altura total do veículo foi reduzida em 20 mm se comparado ao antecessor. Porém, o novo oferece 13 mm na frente e 35 mm atrás a mais de espaço para a cabeça dos ocupantes.

Disponível em versão de sete lugares, o Ford Kuga tem a segunda fileira de bancos corrediça e isso pode aumentar o espaço do porta-malas em até 67 litros – chegando a 1.062 litros. Isso apenas para as versões a combustão, já que nas híbridas, o pacote de baterias fica sob os bancos.

Motores do Ford Kuga

A Ford trata o Kuga como o “mais eletrificado Ford de todos os tempos”. O modelo oferece três variantes híbridas, a plug-in (que pode ser recarregada na tomada), Hybrid e o EcoBlue Hybrid. Esse último a diesel.

Os dois primeiros utilizam o motor quatro cilindros 2.5 de ciclo Atkinson combinado a um motor elétrico e um gerador. A bateria de íons de lítio tem 14,4 kWh e, combinados, entregam 225 cv. A versão Plug-in pode rodar só no modo elétrico por até 50 km e carrega a bateria em um ponto de 230V em cerca de 4 horas.

Na gama de motores a combustão há o 1.5 EcoBoost em versões de 120 cv, 150 cv ou 180 cv com sistema de desativação de cilindros – o primeiro para um tricilíndrico. Ele desativa um dos cilindros se o motor não estiver sendo exigido. Dependendo do mercado há também o 2.0 turbo de 250 cv da família EcoBoost. A transmissão é sempre automática de oito marchas.

Equipamentos

Por dentro o Ford Kuga traz de série uma central multimídia com tela de 8 polegadas, mas há uma opção mais completa que inclui o painel virtual com tela de 12,3 polegadas. Há cinco modos de condução: Normal, Eco, Sport, Slippery (escorregadio), Snow (Neve) e Sand (Areia).

O Ford Kuga oferece ainda um sistema de head-up display, mostrando informações do painel projetadas no para-brisa. Entre as assistências ao motorista há uma de direção evasiva, que ajuda a virar as rodas para tomar uma medida veloz, como uma rápida troca de faixa de rolamento.

Continua depois do anúncio

Há ainda sistema de carregamento de smartphone por indução, sistema de som Bang&Olufsen, alerta de ponto cego, assistente de pré-colisão, controle de velocidade de cruzeiro adaptativo com assistente de tráfego, leitor de placas, entre outros.

O FordPass Connect permite transformar o carro em um roteador Wifi se houver o modem instalado e conectar até dez aparelhos a rede, além disso ele faz ligações para serviços de emergência em caso de acidentes.