Mini
Mini/Divulgação

Novo Mini Countryman elétrico chega ao Brasil em duas versões

SUV da Mini conta com dois motores elétricos e potência total de 306 cavalos; interior tem material reciclado e tela redonda

Por Vagner Aquino 25 de jun, 2024 · 5m de leitura.

Há mais de um ano, o Countryman elétrico foi registrado pela Mini no Instituto Nacional da Propriedade Industrial (INPI). Agora, finalmente, o modelo chega ao País. Importado da Alemanha (onde é feito em conjunto com o primo BMW iX1, pois ambos dividem a mesma plataforma FAAR), o SUV aterrissa no Brasil em duas versões de acabamento. De acordo com a marca inglesa, os preços ficam em R$ 294.990 (SE ALL4 Exclusive) e R$ 339.990 (SE ALL4 Top).

A nova (e terceira) geração do Countryman lembra que, aqui, de Mini, não tem nada. O grandalhão tem 4,43 metros de comprimento (13,6 centímetros a mais que a geração anterior). Em largura, cresceu 2 cm na comparação com a geração anterior e, agora, mede 1,84 m. São, ademais, 1,64m de altura (ante 1,57 m) e 2,69 m de entre-eixos (2 cm maior). O porta-malas passa a ter 460 litros de capacidade (55 litros a mais que a geração anterior).

Mini
Mini/Divulgação

Dentro e fora

Por dentro, o destaque fica por conta do display redondo, de 240 milímetros de diâmetro, no centro no painel. É compatível com Apple Car Play e Android Auto (sem fio). Tem assistente de voz da própria marca. O Countryman, por fim, tem materiais como poliéster reciclado obtido a partir de garrafas PET e restos de carpetes. E a sustentabilidade não para por aí. Afinal, o carro eliminou de todos os elementos decorativos cromados no exterior e no interior, a fim de reduzir as emissões de CO2.

Na estética, heranças do modelo anterior, como capô arqueado, teto quadrado. Mas, assim como as motorizações a combustão, os tradicionais faróis (iluminados por LEDs) redondos também viraram coisa do passado. Nas laterais, destaque para as rodas de 18 ou 20″ – de acordo com a versão. Na coluna C vai o logotipo ALL4. Atrás, lanternas (de LEDs) em posição vertical.

Mini
Mini/Divulgação

Mecânica

Dois motores elétricos com potência total de 306 cv e torque de 50,4 mkgf. Isso que move o novo Countruyman. Com esse conjunto, o modelo da Mini acelera de 0 a 100 km/h em 5,8 segundos e atinge a velocidade máxima de 180 km/h, limitada eletronicamente.

A bateria tem um conteúdo energético de 66,45 kWh e possibilita até 320 quilômetros de alcance ao novo Countryman, de acordo com o Programa Brasileiro de Etiquetagem Veicular do Inmetro. Com capacidade de carregamento rápido de até 130 kW, pouco menos de 30 minutos são suficientes para carregar a bateria de 10% a 80%.


Sistemas de assistência inéditos no modelo, como o Driving Assistant Plus e o Parking Assistant Plus dão suporte ao motorista. Além de controle de velocidade adaptativo, o novo Countryman conta com o Steering and Lane Assistant, que mantém o carro dentro da faixa de rodagem. O modelo também tem compatibilidade com o MINI App. Com ele, é possível ativar funções remotas, como localizar o veículo, trancar e destrancar as portas, acender os faróis, acionar a ventilação ou programar o horário para carregamento.

Siga o Jornal do Carro no Instagram!

O Jornal do Carro está no Youtube

Inscreva-se
Newsletter Jornal do Carro

Complete seu cadastro para receber as últimas notícias do Jornal do Carro diretamente no seu e-mail.

Campo obrigatório
Campo obrigatório
Cep inválido
CPF/CNPJ inválido
Telefone inválido
Tudo certo!

Seu cadastro foi enviado. Em breve você receberá as últimas notícias do Jornal do Carro diretamente no seu e-mail.