Lançamentos

Novo Volkswagen Jetta estreia com motor 1.5 turbo e mudanças discretas

Com dianteira renovada e novos equipamentos, Volkswagen Jetta troca motor 1.4 TSI pelo 1.5 TSI de 160 cv; Brasil seguirá só com a versão GLI

Diogo de Oliveira

24 de ago, 2021 · 6 minutos de leitura.

Volkswagen Jetta 2022
Com mudanças discretas, novo Volkswagen Jetta é apresentado nos Estados Unidos e chega no Brasil em 2022
Crédito:Volkswagen/Divulgação

Em outros tempos, talvez a Volkswagen promovesse uma grande festa para revelar a atualização do Jetta. Mas, o domínio cada vez maior dos SUVs sobre os sedãs médios mostra que a categoria anda mesmo um pouco de lado. No caso do novo Jetta, as mudanças, reveladas nos Estados Unidos, trazem alterações bem discretas no visual.

Assim, a principal novidade do Jetta 2022 é a mecânica. Lá, o sedã, que é feito no México, substitui o motor 1.4 TSI de 150 cv e 25,5 mkgf de torque, pelo 1.5 TSI com 160 cv de potência e 25,4 mkgf de torque. Trata-se do mesmo motor presente no SUV Taos que é destinado aos EUA. Ele vem com o câmbio automático de oito marchas e tração dianteira.

Ou seja, a maior modificação do Jetta virá justamente nas versões de entrada e intermediária que não estão disponíveis no Brasil. Por aqui, o sedã médio da marca alemã vem importado apenas na versão esportiva GLI, que é a equivalente do icônico hatch Golf GTI. Esta mantém o motor 2.0 turbo de 230 cv e 35,7 mkgf, mas usa câmbio DSG de sete velocidades - no Brasil, o Jetta GLI traz caixa de dupla embreagem com seis marchas.

Volkswagen Jetta 2022
Volkswagen/Divulgação

Nos EUA, o Jetta GLI pode, ainda, vir com câmbio manual de seis marchas, entregando, assim, seu lado mais rústico. Por ora, a Volkswagen não revelou todos os dados técnicos, o que será feito apenas no fim do ano, quando o sedã chegar renovado às concessionárias de lá. No Brasil, a novidade virá, então, na sequência, possivelmente no primeiro semestre de 2022.



Mudanças leves

Embora traga alterações sutis em relação ao modelo à venda atualmente no Brasil, o novo Jetta apresenta o para-choques frontal completamente redesenhado. A peça tenta preservar a esportividade, mas valoriza os elementos verticais nos cantos, onde ficam os faróis auxiliares. Já a enorme grade continua com grelha do tipo colmeia e mantém o friso vermelho central da versão GLI, que conecta os faróis e o logotipo.

Volkswagen Jetta 2022
Volkswagen/Divulgação

Ao contrário do que se esperava, o novo Jetta não traz a barra de LED na grade, como o SUV Taos. Nesse sentido, o sedã segue a tradição e apresenta visual mais sóbrio e elegante, sem exageros. Essas são basicamente as mudanças para a linha 2022. Nas laterais e na traseira, o modelo mantém as linhas idênticas, sem alterar sequer os desenhos de luzes das lanternas. A única alteração fica com a saia inferior do para-choques.

Entre os equipamentos, novamente as versões 1.5 são as mais beneficiadas. O Jetta 2022 amplia a oferta de recursos avançados de segurança e condução semiautônoma, como controle de cruzeiro adaptativo (ACC) e frenagem automática de emergência, que eram restritos ao GLI. Outra novidade é o display de 8" para o quadro de instrumentos, bem como a nova multimídia, que pode ter internet e hotspot de Wi-Fi.

Volkswagen Jetta 2022
Volkswagen/Divulgação

Quando chega no Brasil?

Com vendas previstas para o fim do ano nos EUA, o mais provável é que o novo Jetta chegue ao Brasil no primeiro semestre de 2022, possivelmente já como linha 2023. Com foco em utilitários esportivos, é possível que esta seja a última geração do Jetta vendida no mercado brasileiro. Atualmente, o Jetta GLI tem preço de R$ 191.390 no site oficial da marca alemã, mesma faixa de preço do SUV Taos.

O Jornal do Carro está no Youtube

Inscreva-se
Continua depois do anúncio