Você está lendo...
Picape Renault Oroch surge em flagra sem camuflagem e estreia em abril
Notícias

Picape Renault Oroch surge em flagra sem camuflagem e estreia em abril

Prestes a estrear no mercado, picape Renault Oroch passar por reestilização simples e lembra Duster; modelo terá motor 1.3 turbo flex

Jady Peroni, especial para o Jornal do Carro

28 de mar, 2022 · 6 minutos de leitura.

Picape Oroch
Flagra mostra picape Oroch com visual bem semelhante do SUV Duster
Crédito:Reprodução/@ojabiraca_

Um flagra feito nos últimos dias entregou o visual renovado da da Renault Oroch, que estreia neste mês de abril no Brasil. Assim, a picape derivada do SUV Duster passará pela primeira mudança desde quando estreou no fim de 2015, antes mesmo da Fiat Toro. Apesar das imagens revelarem as singelas mudanças no visual, a principal novidade será o motor 1.3 turbo flex já disponível nos SUVs Captur e Duster.  

O motor estará presente nas versões mais caras da picape, com potência de 170 cv e 27,5 mkgf de torque. Ele é conectado ao câmbio automático CVT que simula oito marchas. No entanto, nas variantes mais baratas, a marca francesa deve trazer o 1.6 SCe de 120 cv e 16,2 mkgf, com transmissão manual de 5 marchas. Por aqui, a picape deve permanecer 4x2. Enquanto isso, na Argentina, onde tem produção, terá tração integral.

Vale dizer que o flagra foi feito no Porto de Paranaguá, no Paraná, e postado pelo perfil @ojabiraca no Instagram. Nelas, é possível notar que, apesar das semelhanças com o Duster, a picape intermediária não irá mais acompanhar o nome do irmão. Dessa forma, passará a chamar apenas ''Oroch''. Ela também mantém a plataforma anterior.


Picape Oroch
Reprodução/@ojabiraca_

Mudanças simples

Como já mencionado anteriormente pelo Jornal do Carro, a picape não passou por grandes transformações. Na dianteira, os faróis, por exemplo, são os mesmos da versão atual. Mas, agora a iluminação deve ser toda em LED. Já a grade ficou maior e ganhou detalhes cromados, o que trouxe uma cara mais imponente para o modelo. O para-choque também foi renovado e há novos faróis de neblina.

No caso da traseira, quase não se percebe alteração no design. Dois grandes detalhes são a escrita ''Oroch'' que está maior e as lanternas escurecidas. As laterais lembram, e muito, o SUV Duster, com os vincos bem presentes na carroceria. As rodas são de liga leve.


Renault Oroch 2022
@mentirasautomotivas/Instagram

Novidades de segurança?

O interior não aparece nos flagras. Contudo, espera-se que o visual, bem como a lista de equipamentos, seja diferente do Duster. Principalmente, quando falamos da central multimídia que, no SUV, tem 8 polegadas e conexão por cabo com os sistemas Android Auto e Apple Carplay. Então, todos os equipamentos e recursos devem ser aprimorados para acompanhar as novas tecnologias.



Nessa linha, é importante mencionar que, pela primeira vez, a picape Oroch virá com controle de estabilidade (ESP) de fábrica, em todas as versões, na Argentina. O recurso é exigido por lei desde 2018 por lá. Aqui no Brasil, o modelo, que nunca foi um grande sucesso de vendas, também deve vir com o recurso, mas ainda não há confirmações.


Novo Duster

A Renault já produz e comercializa o Duster no Brasil há mais de 10 anos, mas o SUV nunca foi referência em desempenho e sofisticação. O utilitário derivado da linha Logan e Sandero sempre brigou na entrada do segmento, com foco na relação custo/benefício (preço x espaço). Por causa disso, passou a última década com boa saída nas versões 1.6 flex.

Renault Duster turbo
Diogo de Oliveira/Estadão

No topo da gama, o Duster tinha o veterano motor 2.0 flex e o câmbio automático de quatro marchas. Entretanto, com as novas regras de emissões de poluentes, em vigor desde 1º de janeiro de 2022, a Renault teve de aposentar o velho conjunto mecânico. Assim, o SUV finalmente tem um trunfo para além do tamanho avantajado e do farto espaço na cabine. Confira aqui a avaliação completa do Jornal do Carro.


O Jornal do Carro está no Youtube

Inscreva-se
Deixe sua opinião