Você está lendo...
Projeção mostra novo Citroën C3 Aircross com linhas modernas de SUV
Notícias

Projeção mostra novo Citroën C3 Aircross com linhas modernas de SUV

Novo Citroën C3 Aircross terá estilo de SUV com visual do C3 e do C5 Aircross; utilitário terá versões elétrica e híbrida e estreia em 2024

Vagner Aquino, especial para o Jornal do Carro

18 de jul, 2022 · 5 minutos de leitura.

Citroën
Citroen C3 Aircross seguirá os passos do irmão maior C5 Aircross, mas também terá elementos de C3
Crédito:Citroën/Divulgação

A Citroën está prestes a lançar o novo C3 no Brasil, mas, no exterior, a próxima geração do Aircross, versão SUV do hatchback, já é esperada. A sua revelação será em 2023, com lançamento até 2024. O visual promete ser o ponto alto, com o estilo mais moderno da marca francesa. Tal como contamos em maio no Jornal do Carro, o novo C3 Aircross seguirá o visual do C3 do C5 Aircross, com os faróis conectados ao logotipo do duplo chevron.

Citroën
Citroën/Divulgação

Na projeção publicada pelo site Carscoops (foto principal), o novo Aircross mostra semelhanças com o C3 (abaixo). O SUV compacto terá, por exemplo, barras transversais no teto e peças plásticas na carroceria que realçam o estilo de utilitário. Além disso, os para-lamas e a parte inferior das portas e para-choques terão molduras. Dessa forma, o novo C3 Aircross terá porte de SUV e não derivará mais de uma minivan, como o modelo anterior.


Feito sobre a nova plataforma modular CMP da Stellantis (como Peugeot 2008 e Opel Mokka, por exemplo), o C3 Aircross deve pular dos atuais 4,15 metros de comprimento para cerca de 4,30 metros. Assim, o SUV originalmente brasileiro (uma adaptação do C3 Picasso) ganhará um salto inclusive em posição de mercado.

O novo C3 Aircross é uma das três novidades que a marca francesa produzirá no Brasil, a começar pelo C3. De acordo com a projeção, o SUV tirá luzes diurnas de LEDs acima dos faróis principais. A grade fica dividida em duas partes.

Citroën
Citroën/Divulgação

Mais sobre estilo

Chama a atenção a grande área envidraçada, com janelas que invadem toda a coluna C. Aliás, com colunas pintadas de preto que se fundem às superfícies de vidro, o teto fica com estilo flutuante. Nas lanternas, o mesmo formato reto com pontas arredondadas dos modelos C4 Cactus e C3. Dos lados, o desenho destaca as rodas de liga leve em dois tons. Entretanto, mais parecem ser calotas sobrepostas às rodas de aço.

Por dentro

Apesar de não haver projeções, o Carscoops afirma que a cabine do C3 Aircross deve seguir a cartilha dos irmãos C4, C4 X e, também, do C5 Aircross. Assim, deve adotar visual mais angular para a tela central. Haverá, ainda, quadro de instrumentos digital com tecnologia Head-Up Display, que projeta informações no para-brisas. Detalhes coloridos, que acompanham a cor da carroceria, e vários porta-objetos devem criar um ambiente interativo e confortável.



Sobre mecânica, ainda não há nada de concreto. A Citroën não revela oficialmente, mas especula-se que o SUV compacto ganhe da Stellantis uma nova variante do 1.2 PureTech a gasolina. Assim, pode ter sistema híbrido leve. Já a configuração elétrica terá motor com potência de 136 cv e torque de 26,5 mkgf. O pacote de baterias de íon de lítio deverá ter 50 kWh, com autonomia superior a 345 km. Uma opção mais barata, com 99 cv, é especulada.


No Brasil, entretanto, deverá vir com motores a combustão. Acredita-se que a marca opte pelo 1.3 Firefly e pelo 1.0 turbo de 130 cv - ambos já presentes em outros modelos da Stellantis, como o Fiat Pulse. A oferta de versão híbrida também está nos planos.

O Jornal do Carro está no Youtube

Inscreva-se
Deixe sua opinião