Fiat Pulse SUVs carro popular
KRPIX/ESTADÃO

Pulse, Fastback, 2008 e Basalt: os futuros híbridos flex da Stellantis

Produtos do grupo Stellantis estão próximos de receberem a tecnologia Bio-Hybrid; modelos da Fiat, Citroën e Peugeot podem ser os primeiros

Por Rodrigo Tavares 21 de mai, 2024 · 4m de leitura.

O ano de 2024 promete ser movimentado para a Fiat. Até o fim do ano, e se apoiando nos recentes aportes financeiros feitos pela Stellantis, a marca planeja lançar seus primeiros híbridos flex no mercado, do tipo micro-híbrido (ou híbrido-leve). Além disso, dos cinco lançamentos previstos pelo megagrupo, quatro já ocorreram.

Mas falemos de Fiat. A planta de Betim (MG) recebeu um investimento local de R$ 14 bilhões, entre 2025 e 2030, e deve concentrar seus esforços na produção de SUVs com a tecnologia Bio-Hybrid, por exemplo. Assim, os modelos Pulse e Fastback devem ser os primeiros a exibir a novidade ao público.

imposto
Rodrigo Tavares/Jornal do Carro

O sistema Bio-Hybrid destinado a esses modelos em questão deverá ser restrito a um dispositivo elétrico multifuncional, que assume as funções do alternador e do motor de partida, fornecendo energia adicional ao carro. Isso, por sua vez, se converte em torque, e reduz o esforço feito pelo motor a combustão.

Além disso, é importante citar que não será apenas a Fiat que se beneficiará da medida. Considerando a possibilidade do uso do motor 1.0 turbo da marca, responsável por 130 cv e até 20,4 mkgf de torque, outros modelos podem fazer parte da família Bio-Hybrid, como os futuros Citroën Basalt e Peugeot 2008, ambos a caminho do mercado brasileiro.

Peugaot 2008 pode ser primeiro híbrido-flex da Stellantis

Peugeot 2008 Stellantis
Peugeot/Divulgação

Contudo, o modelo que será de fato o primeiro híbrido-flex da marca segue um mistério. Ao que tudo indica, e conforme publicamos no JC, a nova geração do Peugeot 2008 tem tudo para ser o primeiro híbrido-flex da Stellantis. O SUV compacto estreia agora no meio do ano.

Por fim, os investimentos feitos pela Stellantis na América do Sul, entre 2025 e 2030, resultará no lançamento de 40 novos modelos no período, bem como 8 novos motores para os carros das marcas do grupo. Vale lembrar, a Stellantis reúne Abarth, Citroën, Fiat, Jeep, Peugeot e RAM, para citar as principais presentes no Brasil.


O Jornal do Carro também está no Instagram!

Novo VW T-Cross 2025 é mais sofisticado sem subir de preço

O Jornal do Carro está no Youtube

Inscreva-se
Newsletter Jornal do Carro

Complete seu cadastro para receber as últimas notícias do Jornal do Carro diretamente no seu e-mail.

Campo obrigatório
Campo obrigatório
Cep inválido
CPF/CNPJ inválido
Telefone inválido
Tudo certo!

Seu cadastro foi enviado. Em breve você receberá as últimas notícias do Jornal do Carro diretamente no seu e-mail.