velocidade
PRF/Divulgação

Ranking: veja quais Estados aplicam mais multas nas rodovias federais

Multas mais comuns são transitar acima do limite de velocidade, ultrapassagem proibida e falta de licenciamento do veículo

Por Thais Villaça 05 de dez, 2023 · 7m de leitura.

Com as festas de fim de ano chegando, muitos motoristas se deslocam para encontrar a família em outras cidades ou estados do País. Mas na hora de pegar a estrada, é preciso ficar atento às leis de trânsito para não só evitar acidentes, como também para não tomar multas.

De acordo com relatório da Polícia Rodoviária Federal, velocidade acima do limite da via em até 20% é a infração mais comum cometida pelos motoristas. No ano passado, por exemplo, essa penalidade foi a mais recorrente nas rodovias federais, gerando mais de 1 milhão de multas. Já com aproximadamente 200 mil infrações cada, em seguida aparecem ultrapassagem em faixa contínua, na segunda posição, e falta de licenciamento, na terceira.

Veja abaixo as 10 multas mais aplicadas pela PRF no ano passado:


  • Transitar em velocidade superior à máxima permitida em até 20% – 1.093.345
  • Ultrapassar pela contramão linha de divisão de fluxos opostos, contínua amarela – 206.200
  • Conduzir o veículo registrado que não esteja devidamente licenciado – 203.586
  • Transitar em velocidade superior à máxima permitida em mais de 20% até 50% – 182.358
  • Desobedecer às ordens emanadas da autoridade competente de trânsito ou de seus agentes – 160.258
  • Conduzir o veículo com equipamento obrigatório em desacordo com o estabelecido pelo Contran – 154.134
  • Dirigir veículo sem possuir CNH/PPD/ACC – 141.848
  • Conduzir o veículo com equipamento do sistema de iluminação e de sinalização alterados – 139.665
  • Conduzir o veículo em mau estado de conservação, comprometendo a segurança – 135.730
  • Deixar o condutor de usar o cinto segurança – 133.905
Ultrapassagem em faixa contínua gerou mais de 200 mil multas em 2022 (PRF/Divulgação)

Ranking de multas por estado

Além disso, o anuário da PRF revelou quais estados são os responsáveis pelo maior número de multas nas estradas federais. Em primeiro lugar, encabeçando o ranking, está Minas Gerais, com aproximadamente 450 mil notificações. Em seguida aparecem Rio de Janeiro e Bahia, que completam o top 3, ambos com quase 420 mil infrações registradas.

Confira abaixo o ranking completo do número de multas por estado.


  • 1 – Minas Gerais (MG) – 448.672
  • 2 – Rio de Janeiro (RJ) – 418.981
  • 3 – Bahia (BA) – 417.092
  • 4 – São Paulo (SP) – 378.074
  • 5 – Rio Grande do Sul (RS) – 252.059
  • 6 – Mato Grosso do Sul (MS) – 248.186
  • 7 – Paraná (PR) – 237.359
  • 8 – Goiás (GO) – 230.375
  • 9 – Santa Catarina (SC) – 178.040
  • 10 – Mato Grosso (MT) – 172.734
  • 11 – Espírito Santo (ES) – 150.992
  • 12 – Pernambuco (PE) – 136.373
  • 13 – Ceará (CE) – 127.407
  • 14 – Rondônia (RO) – 93.106
  • 15 – Piauí (PI) – 85.095
  • 16 – Pará (PA) – 77.960
  • 17 – Paraíba (PB) – 77.884
  • 18 – Rio Grande do Norte (RN) – 76.745
  • 19 – Distrito Federal (DF) – 73.745
  • 20 – Maranhão (MA) – 73.250
  • 21 – Alagoas (AL) – 40.597
  • 22 – Tocantins (TO) – 37.861
  • 23 – Sergipe (SE) – 37.545
  • 24 – Amazonas (AM) – 20.102
  • 25 – Amapá (AP) – 17.726
  • 26 – Acre (AC) – 15.531
  • 27 – Roraima (RR) – 12.033
  • TOTAL: 4.135.524
leis bafômetro
Volvo/Divulgação

      Outras curiosidades

      Mesmo com as férias escolares – períodos em que o movimento nas estradas aumenta – julho, dezembro e janeiro não foram os meses com mais infrações registradas em 2022, de acordo com o anuário da PRF. Curiosamente, na primeira posição ficou abril, com mais de 400 mil multas emitidas. Julho, por exemplo, foi o segundo mês com o menor registro de penalidades (pouco mais de 300 mil).

      Um dado igualmente interessante é constatar quando algumas infrações são mais recorrentes. O índice de motoristas flagrados alcoolizados é mais comum às sextas-feiras à noite, entre 22h e 23h, e aos domingos no fim da tarde, das 16h às 18h. Além disso, excesso de velocidade é uma infração com maiores índices de registro por volta das 10h, em todos os dias da semana. A falta de cinto de segurança tem maior incidência diariamente no fim da tarde, entre 16h e 17h.


      Por fim, o relatório traz as rodovias com maior número de multas aplicadas. Assim, o trecho da BR-116 que passa por São Paulo foi o primeiro colocado do ranking, com 287.530 infrações. Na segunda posição, contudo, está a BR-101 no Rio de Janeiro, com 265.665. Completa o pódio a BR-163 no trecho que atravessa o Mato Grosso do Sul, com 171.032 registros.

      Siga o Jornal do Carro no Instagram!

      O Jornal do Carro está no Youtube

      Inscreva-se

      Newsletter Jornal do Carro

      Complete seu cadastro para receber as últimas notícias do Jornal do Carro diretamente no seu e-mail.

      Campo obrigatório
      Tudo certo!

      Seu cadastro foi enviado. Em breve você receberá as últimas notícias do Jornal do Carro diretamente no seu e-mail.