Mercado

Renault apresenta carro voador com design retrô e hélices de drone

Novo carro voador da Renault é inspirado no 4L, clássico da marca francesa; modelo possui quatro hélices duplas e tem velocidade máxima de 90 km/h

Jady Peroni, especial para o Jornal do Carro

29 de nov, 2021 · 6 minutos de leitura.

Air4 Renault
Carro voador da Renault é inspirado no clássico 4L
Crédito:Divulgação/Renault

Embora sejam chamados de carros voadores, os protótipos dos últimos anos mais se parecem com drones gigantes. Mas a Renault resolveu levar a expressão ao pé da letra e acaba de apresentar o Air4, um pequeno hatchback com design retrô que é capaz de voar.

O modelo em questão é uma homenagem ao Renault 4, famoso carro da marca francesa que completou 60 anos. Contudo, apesar da inspiração, o carro agora possui um visual completamente futurista. E para fazer jus a palavra ''voador'', o ícone da marca ganhou quatro hélices que permitem decolar e pousar verticalmente. Ou seja, elas substituem as rodas.

O Air 4 foi feito pela Renault em parceria com a conterrânea The Arsenale, empresa de tecnologia com foco no mercado da mobilidade. ''Após um ano inteiro de comemorações, queríamos criar algo fora do convencional para encerrar belamente as celebrações do 60º aniversário do 4L", comentou Arnaud Belloni, diretor global de Marketing da Renault.

Divulgação/Renault

O carro

O design do Renault Air4 é uma interpretação realista do ícone retrô, que foi feito pelo estúdio The Arsenale. Porém, não há nada de modesto como o original. O modelo é feito com fibra de carbono. E oferece uma dinâmica avançada. Ele também possui quatro hélices duplas, que ficam nas laterais do veículo. Elas formam a estrutura que sustenta o chassi.

De acordo com a francesa, a sustentação e rigidez do carro passaram por transformações para suportar a dinâmica aérea. Por ora, a Renault não deu muitos detalhes do interior. No entanto, a cabine é utilitária e parece ter espaço apenas para o condutor.



Como funciona?

Apesar do visual surpreendente, a ''motorização'' também impressiona. O Air4 possui baterias de lítio-polímero de 22 mil amperes e, no total, gera uma potência de 45.000 mAh. Sendo assim, o carro voador da Renault pode atingir uma velocidade média de 90 km/h com uma inclinação de 45° durante o voo, e até 70° de inclinação máxima.

Em altitude, ele pode voar a até 700 metros com uma decolagem de 50 km/h. Além disso, o veículo também oferece um empuxo vetorial máximo de 380 kg. Portanto, cada hélice possui 95 kg.

''Após 25 anos de pesquisas, acreditamos que os ícones da cultura automotiva são eternos, seja na terra como no céu. Há 60 anos, o Renault 4 é um carro feito para pessoas comuns, que fazem dele algo extraordinário'', disse Patrice Meignan, diretor-geral e fundador do TheArsenale. E completou: ''Com o Air4, o Renault 4 está pronto para alçar voo, em uma das maiores aventuras que já viveu até hoje''.

Quando será a estreia?

Após sua estreia digital, o Air4 estará disponível para exibição a partir de hoje (29) até o fim do ano. Assim, o modelo ficará ao lado de outras versões do Renault 4 na Avenida Champs-Élysées. Em 2022, o carro irá para os Estados Unidos, mais precisamente para Miami e Nova Iorque. Seu destino final é Macau.

História do 4L

O Renault 4L foi produzido entre 1961 e 1992. Apesar de não ter chegado ao mercado brasileiro, o modelo é considerado um ícone da marca francesa. Isso porque, em mais de 100 países onde esteve à venda, o carro acumulou mais de 8 milhões de unidades emplacadas.

Continua depois do anúncio

De acordo com o CEO do grupo na época, Pierre Dreyfus, o carro era como uma ''calça jeans'', ou seja, simples, eficiente e versátil. Ele chegou, inclusive, a fazer parte de frotas de polícia. E até mesmo dos correios na França, além, é claro, de ser popular entre famílias e empresas.

Por conta dessa representatividade, surgiu a parceria entre The Arsenale e Renault para reinventar o 4L e, então, permitir que o clássico entrasse para a história novamente.

O Jornal do Carro está no Youtube

Inscreva-se