Você está lendo...
Rolls-Royce confirma primeiro carro 100% elétrico e fim dos motores V12
Mercado

Rolls-Royce confirma primeiro carro 100% elétrico e fim dos motores V12

Com nome Spectre, o primeiro elétrico da Rolls-Royce da ponta pé inicial na eletrificação da marca; modelo terá base do Phantom

Jady Peroni, Especial para o Jornal do Carro

02 de out, 2021 · 5 minutos de leitura.

carro elétrico rolls-royce
"Spectre" começará os testes em vias públicas e deve chegar ao mercado no último trimestre de 2023
Crédito:Divulgação/BMW

No começo deste ano, surgiram especulações sobre o lançamento de um carro 100% elétrico da Rolls-Royce em 2022. Agora, após alguns meses, a fabricante inglesa confirma os rumores, e anuncia, então, o seu primeiro carro movido a eletricidade. Trata-se do Spectre, modelo que será lançado no mercado em 2023, dando início à eletrificação da marca.

Após a revelação do conceito 103EX Vision Next 100 Concept, em 2016, a Rolls-Royce finalmente dará início à eletrificação dos seus modelos. E com prazo para largar os tradicionais motores V12. Com o lançamento do Spectre, a fabricante inglesa simbolizada pelo ''Espírito do Êxtase'' vai abandonar os motores V12 a combustão a partir de 2030.

''Com este novo produto, estabelecemos nossas credenciais para a eletrificação de todo o nosso portfólio de produtos para 2030. Até esta data, Rolls-Royce não irá mais atuar no negócio de produzir ou vender nenhum produto com motor de combustão interna'', declarou o CEO da Rolls-Royce Motor Cars, Torsten Müller-Ötvös.


103EX Vision Next 100 Concept - James Lipman/BMW

Modelo elétrico de luxo

De acordo com o executivo, o Sepctre usará a mesma base do Rolls-Royce Phantom, modelo lançado em 2016 com a arquitetura feita de alumínio. No entanto, ainda não h´á dados oficiais sobre desempenho, nem mesmo expectativa sobre valores.

Em nota, o CEO afirmou que o Spectre vai entrar na fase de testes de rodagem nas vias públicas. ''É o modelo real, que será testado aos olhos de todos e nossos clientes receberão as primeiras entregas do automóvel a partir do último trimestre de 2023'', confirmou.


Com o Spectre em vista, a marca britânica, portanto, não passará por uma etapa híbrida como a maioria das montadoras. Ou seja, com o projeto de abandonar os motores a combustão até 2030, a Rolls-Royce vai produzir apenas carros 100% elétricos.

Divulgação/BMW

Previsão da eletrificação

No início do século passado, Charles Rolls, fundador da Rolls-Royce, testou um dos primeiros veículos elétricos do mundo, chamado de Columbia. Ao perceber como o modelo era silencioso e limpo, Rolls considerou uma alternativa ideal, mas a longo prazo.


''Não há nenhum odor ou vibração e será muito pertinente quando estações de recarga forem uma realidade. Mas não acredito que sejam operacionais neste momento - ao menos por muitos anos'', registrou Rolls.



Dessa forma, mais de um século depois da descoberta, a fabricante enfim dará seus primeiros passos rumo a eletrificação. Inclusive, com previsão que antecede em 5 anos da proposta da Europa, que vai banir os carros com motores a combustão até 2035.

Por fim, com uma nova gama a caminho, não há previsão do que irá acontecer com os modelos atuais da marca. Como o próprio Phantom, Ghost e o Wraith. Sendo adaptados ou não, agora resta esperar para ver quais novidades virão pela frente.


O Jornal do Carro está no Youtube

Inscreva-se