Notícias

Sedã do Renault Kwid está perto de sair do papel

Três volumes do subcompacto Kwid está de volta aos planos da marca mais uma vez

Redação

27 de mai, 2020 · 3 minutos de leitura.

kwid
PLATAFORMA E VISUAL DO RENAULT TRIBER ESTARÃO NO SEDÃ DO KWID
Crédito:RENAULT

A Renault está de volta com os planos para criar um sedã do Kwid em breve, ao menos para a Índia. O modelo já havia sido cogitado e está prestes a ganhar vida finalmente. As primeiras informações do desenvolvimento do sedã do Kwid retornar à pauta da empresa surgiram no ano passado.

O projeto será tocado sobre uma versão alongada da plataforma CMA do Kwid e está sendo chamado de LBA. A base é a CMA+, mesma que deu origem ao monovolume Triber, também criado para o mercado indiano. O sedã terá menos de 4 metros de comprimento. Isso porque essa dimensão garante uma menor carga de impostos na Índia.



SUV do Kwid ainda em 2020

Vale lembrar que a Renault confirmou no final de 2019 também um SUV do compacto. O conflito, afinal ela chamava o Kwid de "SUV dos compactos" na estratégia comercial do modelo no Brasil, não parece incomodar. A informação foi confirmada pelo CEO da empresa da Índia, Venkatram Mamillapalle.

Tal qual o sedã, terá menos de 4 metros de comprimento e também será produzido sobre a plataforma alongada, do Triber. No visual, terá a mesma "carinha" encontrada no Triber e que será aplicada também ao sedã. O design é inspirado nos Renault europeu, como o Captur e o Megane.

Além do motor 1.0 três cilindros aspirado, o modelo deve trazer também uma versão turbo, que é oferecida em veículos da aliança Renault-Nissan na Europa. No Velho Continente esse propulsor rende cerca de 100 cv de potência.