Você está lendo...
Seguradoras americanas poderão devolver valor de apólice de carros sem uso
Notícias

Seguradoras americanas poderão devolver valor de apólice de carros sem uso

Restrições à circulação de veículos em vários estados americanos fizeram seguradoras devolverem parte do valor das apólices

Redação

09 de abr, 2020 · 4 minutos de leitura.

seguradoras
Restrições à circulação forçaram americanos a deixar seus carros parados
Crédito:Christinne Muschi/Reuters
seguradoras

Algumas seguradoras americanas deverão devolver o valor pago pelas apólices para seus segurados por causa da pandemia do novo coronavírus. O dinheiro será devolvido em função da falta de uso dos carros, que estão parados por causa das restrições à circulação de pessoas em vários estados americanos.

INSCREVA-SE NO CANAL DO JORNAL DO CARRO NO YOUTUBE

Estima-se que mais de US$ 600 milhões deverão voltar aos bolsos de cerca de 18 milhões de segurados que estão com seus carros presos em garagens espalhadas pelo país. No entanto, a devolução não será integral. A seguradora Allstate deverá retornar cerca de 15% do valor pago pelas apólices para os meses de abril e maio.




A devolução será via estorno no cartão de crédito usado para o pagamento, ou como crédito para serviços contratados futuramente. O levantamento feito pela Allstate em cerca de 23 milhões de carros mostrou que os veículos têm rodado entre 35% e 50% a menos durante o período da pandemia.

Mudança de comportamento

A análise também revelou mudanças no comportamento dos motoristas que ainda usam o carro durante a quarentena. Com as ruas e estradas mais vazias, eles tendem a dirigir mais rápido, o que aumenta o risco de acidentes.

Outras seguradoras também deverão devolver alguma quantia para os segurados que não têm usado seus carros. Algumas darão desconto de cerca de US$ 50 (R$ 400) e outras poderão abater até 25% do valor da apólice.


Tudo igual

No Brasil, por enquanto, nenhuma seguradora deverá conceder algum desconto ou benefício extra para os segurados "presos" durante a quarentena. Procuradas, seguradoras e corretoras afirmaram que por enquanto manterão as coberturas contratadas, mas não deverão ressarcir os segurados que não usarem seus carros durante as restrições à circulação.

Outras opções

A Comissão de Automóvel da Federação Nacional de Seguros Gerais explica que cada seguradora tem suas políticas de bônus e preços. Os segurados podem receber uma melhoria em suas classes por terem ocorrido menos problemas durante o período do carro parado. A suspensão da apólice só poderá ser feita quando o seguro tiver cobertura intermitente.

Segundo a Fenseg, não há previsão de descontos em períodos em que o carro não é usado. No entanto, as seguradoras poderão analisar casos para ajudar os clientes, principalmente os que estiverem em dificuldades financeiras causadas pela pandemia.


Deixe sua opinião