Mercado

Sem carro brasileiro, Ford confirma EcoSport indiano na Argentina

SUV compacto da Ford seguirá disponível no país vizinho, porém virá importado da Índia em diferentes versões e pagará tarifa

Redação, Com Eugênio Augusto Brito, especial para o Jornal do Carro

26 de mai, 2021 · 5 minutos de leitura.

Ford EcoSport" >
Ford da Argentina vai vender o SUV EcoSport feito na Índia
Crédito: Ford/Divulgação

Quem estava economizando para comprar um Ford EcoSport na Argentina recebeu recentemente um e-mail oficial da montadora. Nele, a montadora explica que o cliente receberá uma unidade da Índia e, portanto, não mais um modelo brasileiro que era feito em Camaçari.

Segundo a reportagem do AutoBlog Argentina, a comunicação da filial da Ford no país vizinho chegou aos clientes de uma modalidade conhecida como “caja de ahorro”. Todos irão receber seus SUVs em até três meses.

Feito em Chennai, o EcoSport indiano que chegará à Argentina até o final de setembro e terá, portanto, diferenças para o modelo brasileiro.

Como é o Ford Ecosport indiano?

No e-mail aos clientes argentinos, consta, então, que o Ford EcoSport virá da Índia em três configurações: SE manual, Titanium manual e Titanium automática. Todas virão com motor 1.5 de três cilindros, a gasolina, capaz de gerar 123 cv de potência e 15,39 kgfm de torque.

O câmbio será manual de cinco marchas ou automático de seis velocidades, com tração dianteira. Na configuração brasileira, o EcoSport tinha ainda a opção com motor 2.0 de 170 cv e 20,59 kgfm, e versões com tração integral.



SUV será taxado

Com a origem diferente, o SUV compacto deverá custar mais caro, uma vez que o modelo brasileiro seguia para a Argentina sem pagar imposto de importação, por conta dos acordos comerciais do Mercosul.

Tendo Índia como origem, o EcoSport passará, assim, a recolher alíquota de 35%. A Ford da Argentina não indica, no entanto, quais serão os novos valores praticados, nem se, eventualmente, vai arcar com a diferença.

No Brasil, a fabricante colecionou dívidas, bem como perdeu muito dinheiro ? cerca de R$ 60 bilhões ? nos últimos 10 anos de operação.

Neste mesmo período, a Ford entregou 200 mil unidades do EcoSport nacional para o mercado argentino. Agora, a venda fica a cargo da Índia, que venceu, dessa forma, a concorrência interna com a Europa (que também produz o pequeno SUV). Assim, pode até abastecer outros países do nosso continente a partir de agora.

Como forma de compensar atraso ? e possíveis alterações de preço ? a Ford informou que vai ampliar a garantia do EcoSport na Argentina dos habituais três para cinco anos.

Ford
Ford/Divulgação
Continua depois do anúncio

Essa nova validade da garantia é apenas para o SUV. A linha Ka, que também ia do Brasil para o país vizinho, saiu de oferta por lá com o fechamento de nossas fábricas. Assim, as vendas não seguiram para além do fim dos estoques.

O que é uma “caja de ahorros”?

Esta modalidade do mercado argentino é uma mistura de caderneta de poupança com depósitos periódicos em conta bancária, na qual o dinheiro é corrigido mensalmente com taxa pouco acima da inflação). E consórcio (a destinação é para a aquisição de bens após um período pré-determinado). Porém, não há valores pré-determinados.

Muitos negócios do setor automotivo eram feitos com esta modalidade, que tenta proteger o comprador da imprevisibilidade da economia daquele país, sobretudo na negociação de bens de valor mais alto.

O Jornal do Carro está no Youtube

Inscreva-se
o catálogo 0km do jornal do carro tem
ofertas imperdíveis de todas grandes marcas
Logo Jornal do carro
Preencha seus dados abaixo para...
Aceito receber informações e ofertas e que estou
de acordo com termos e condições
Quero receber ofertas do(s) modelo(s)

Obrigado! Em breve entraremos em contato.

x