Stellantis
Stellantis/Divulgação

Stellantis compra 70% da DPachoal e amplia serviços pós-venda

Dona das marcas Fiat, Jeep, Citröen, Peugeot e RAM no mercado brasileiro, Stellantis torna-se a maior distribuidora de peças da América Latina

Por Vagner Aquino 19 de jan, 2024 · 5m de leitura.

Em meio as comemorações de seus 3 anos de atuação, a Stellantis que lançou sete veículos das marcas Fiat, Jeep, Citröen, Peugeot e RAM no Brasil em 2023 – tem uma novidade no mercado. A partir desta sexta-feira (19), a empresa passa a ser a acionista majoritária da DPaschoal, empresa brasileira que presta serviços automotivos especializados desde 1949. Por meio da aquisição de 70% das ações da Comercial Automotiva (DPaschoal, DPK, KDP, AutoZ, Maxxi Trainning, Kmaxx, Recmaxx, Autocred e Maxxipel), a Stellantis torna-se a maior distribuidora de autopeças do Brasil – e de toda a América do Sul. O valor da transação, todavia, não foi divulgado.

Com a ideia de zerar emissões em 2038, a Stellantis quer ampliar, de imediato, sua participação no negócio de pós-venda e serviços multimarcas no mercado nacional. A expansão regional, a princípio, contará com as mais de 120 lojas próprias da DPaschoal, localizadas em 14 Estados do País. Além disso, há mais de 28 centros de distribuição de pneus e peças para veículos leves, pesados e agrícolas.

A ideia é ampliar a cobertura territorial. Entretanto, “os novos pontos serão divulgados só daqui a três meses”, afirma Paulo Solti, vice-presidente de peças e serviços da Stellantis América do Sul. Inclusive, a ação é algo que “Vai além das fronteiras”, afirma o executivo.

Aquisição segue a diretriz da Stellantis

“Avançamos como uma mobility tech company, uma empresa capaz de atender a todas as necessidades de mobilidade e serviços de nossos clientes”, afirma Emanuele Cappellano, presidente da Stellantis para a América do Sul. O executivo pela primeira vez fala com a imprensa brasileira, desde a substituição a Antonio Filosa, em novembro passado. De acordo com ele, essa é uma das metas do plano estratégico global de longo prazo da empresa, o Dare Forward 2030. “É um passo coerente que se soma à recente aquisição da Norauto na Argentina, especializada na comercialização de produtos e serviços automotivos”.

Stellantis/Divulgação
Stellantis/Divulgação

Divisão

Com quase 3.000 colaboradores, a Comercial Automotiva/DPaschoal encerrou 2023 com o faturamento de R$ 2,6 bilhões. A aquisição do controle acionário da Comercial Automotiva/DPaschoal é um investimento estratégico que amplia a presença da Stellantis na área do pós-venda. Luís Norberto Pascoal, com ampla expertise neste mercado, manterá os 30% restantes das ações da companhia e seguirá como vice-presidente do conselho de administração.

“O Brasil é um dos mercados automotivos mais promissores do mundo. Por esta razão, a Stellantis estabeleceu um plano de expansão regional, a fim de aumentar sua capacidade de atendimento ao consumidor ao longo de sua jornada” explica Solti. Cabe mencionar, em síntese, que mesmo com a aquisição da Stellantis, os pontos da DPaschoal (que não mudarão de nome) continuarão atendendo clientes de todas as marcas de veículos.

Números

O mercado de autopeças movimentou mais de R$ 96 bilhões na América do Sul em 2022. Só no Brasil, a princípio, o setor transacionou mais de R$ 61 bilhões no período. Desse montante, 20% equivalem a peças originais (OEM) e, por fim, 80% correspondem a peças de fabricantes independentes no mercado de reposição e pós-vendas (IAM).


Siga o Jornal do Carro no Instagram!

O Jornal do Carro está no Youtube

Inscreva-se
Newsletter Jornal do Carro

Complete seu cadastro para receber as últimas notícias do Jornal do Carro diretamente no seu e-mail.

Campo obrigatório
Campo obrigatório
Cep inválido
CPF/CNPJ inválido
Telefone inválido
Tudo certo!

Seu cadastro foi enviado. Em breve você receberá as últimas notícias do Jornal do Carro diretamente no seu e-mail.