Você está lendo...
Toyota vai valorizar usados da marca com programa de certificação
Mercado

Toyota vai valorizar usados da marca com programa de certificação

Novo programa da Toyota avalia cerca de 116 itens para aprovar modelos para venda nas concessionárias; 800 unidades já estão disponíveis

Jady Peroni, especial para o Jornal do Carro

24 de dez, 2021 · 4 minutos de leitura.

Toyota Etios
Toyota lança programa para certificar usados da marca e atrair clientes que pretendem trocar de carro
Crédito:Toyota/Divulgação

A Toyota lançou um novo programa para ajudar os clientes da marca com uma compra segura de carros usados. Chamado de Seminovos Certificados, o projeto avalia seminovos de até 8 anos de vida, ou 100 mil km rodados, para aprovar a venda. De acordo com a montadora, o intuito é garantir a qualidade dos modelos, aumentando a confiabilidade da marca.

''Cerca de 80% dos proprietários estão em processo de troca do carro para outro seminovo ou subindo um degrau para os 0 km e, na negociação, usam seu seminovo para abater do valor da compra. Desses, 23% já entraram para a nossa carteira de clientes por meio dos seminovos. Desenvolvemos esse canal para fidelizar esses clientes e oferecer veículos de alta credibilidade desde o primeiro contato com a marca'', afirmou a montadora.

O serviço, que está presente em todas as concessionárias da Toyota no Brasil, também oferece mais 12 meses de garantia de fábrica. Dessa forma, durante esse período, o cliente conta com assistência da rede e a cobertura completa de serviços no pós-venda.


híbrido sedãs
Toyota/Divulgação

Avaliação

De acordo com a marca japonesa, os modelos passam por um processo de verificação rígido. No total, 116 itens são avaliados para verificar se o modelo se enquadra, ou não, na venda. Antes de receber o selo, os carros devem respeitar todas as exigências da fabricante.



A lista de análise dos equipamentos, no entanto, pode variar de carro para carro. Contudo, a avaliação é feita em itens como painel de instrumentos, volante, iluminação, sistema de áudio, vidros, acionamentos e pedais. Além disso, também são avaliadas partes como rodas, pneus, freios, pintura, aparência, motor, fluídos e emissões. Para isso, são feitos testes de rodagem.


Mas, não é só. Além da análise, também há a verificação dos documentos, bem como a checagem se o carro possui o relatório completo do histórico do veículo aprovado e se há alguma pendência.

liderança de vendas toyota hilux
Hilux é o único modelo da Toyota no segmento de comerciais leves (Foto: JF Diorio/Estadão)

Unidades certificadas

O programa, que teve início no dia 22 de dezembro, conta com cerca de 800 unidades certificadas disponíveis em todo o país. Lembrando que, apesar da primeira compra ser diretamente na rede, não há problemas em comercializar o modelo em outros canais.


O Jornal do Carro está no Youtube

Inscreva-se