carros
Divulgação/Rolls-Royce

Veja quais são os 5 carros mais caros do mundo

Lista de carros mais caros do mundo conta com esportivos e modelos exclusivos com geladeira e design feito segundo o gosto do cliente

Por Jady Peroni 31 de jan, 2024 · 8m de leitura.

O mercado automotivo conta com diversos modelos exclusivos. E o preço pode ser relativo para uma pequena parcela de endinheirados. Recentemente, o Jornal do Carro levantou alguns carros de luxo que fazem parte da coleção do Neymar, por exemplo. Na garagem, o atual jogador do Al-Halil conta com modelos como Aston Martin DBX, Lamborghini Huracán e Bentley Continental GT. Ambos avaliados em mais de R$ 2 milhões.

Entretanto, existem alguns carros que conseguem ultrapassar a faixa dos R$ 20 milhões. E até um que, pasmem, chega a mais de R$ 130 milhões. Esses entram na lista dos modelos mais caros do mundo em 2024, que o Jornal do Carro mostra abaixo. Os valores, convertidos para real, não incluem impostos e outras taxas.

Os 5 carros mais caros do mundo

Rimac Nevera: US$ 2,4 milhões ou R$ 12 milhões

carros mais caros
Divulgação/Rimac

O 5° lugar da lista fica para um carro croata, o Rimac Nevera. O supercarro elétrico já quebrou alguns recordes surpreendentes. Afinal, com seus quatro motores elétricos, ele consegue alcançar 1.940 cv de potência e 240 mkgf de torque. Tais números se traduzem em invejáveis 1,81 segundos no 0 a 100 km/h. Além disso, o modelo atinge uma velocidade máxima de 415 km/h.

Um dos pontos que chama atenção é que, em 2023, o modelo bateu um novo recorde autenticado pelo Guinness World Records. O Nevera atingiu 275,74 km/h em marcha-à-ré. Ainda que passar de 270 km/h num superesportivo possa não parecer muita coisa, fazer isso indo em sentido reverso com certeza é. O segredo do modelo está no conjunto mecânico, onde quatro motores elétricos, um para cada roda, permite ao modelo acelerar com força total, para qualquer direção que seja.

Lamborghini Sian: US$ 3,7 milhões ou R$ 18,3 milhões

Lamborghini/divulgação
Lamborghini/divulgação

Logo em seguida, vem o Lamborghini Sian. Com apenas 63 unidades produzidas, o cupê conta com um design com personalidade e tem como destaque o conjunto mecânico híbrido. Ao todo, o motor 6.4 litros V12 aspirado a gasolina é capaz de despejar 785 cv de potência e 77,5 mkgf de torque. Este, aliás, trabalha associado a outro elétrico de 34 cv, que ajuda a produzir um total de 819 cv.

Com este conjunto, o Sián acelera de zero a 100 km/h em 2,8 segundos. E chega próximo de 350 km/h, de acordo com a Lamborghini. Entretanto, o supercarro não oferece modo elétrico. O modelo traz uma bateria de 48 Volts que funciona como um capacitor. Dessa forma, alimenta o motor elétrico.


Bugatti Bolide: US$ 4,3 milhões ou R$ 21,3 milhões

Divulgação/Bugatti
Divulgação/Bugatti

O primeiro do pódio de carros mais caros do mundo é o Bugatti Bolide. O hiperesportivo premiado surgiu em outubro de 2020 e, segundo a marca francesa, teve como inspiração os carros totalmente aerodinâmicos da Fórmula 1. Dessa forma, o modelo recebeu cavidades no capô e para-choques enormes que ajudam a cortar o ar, alimentar o motor e resfriar os freios. Aliás, em 2021, ganhou o título de carro mais bonito do mundo.

De acordo com a Bugatti, o Bolide utiliza o tradicional motor 8.0 litros W16 com quatro turbos a gasolina. Dessa forma, é capaz de entregar 1.825 cv de potência, bem como absurdos 1.394 mkgf de torque. Desse modo, o cupê acelera de zero a 100 km/h em menos de 3 segundos. E atinge velocidade máxima superior de 320 km/h.

Pagani Codalunga: US$ 7,4 milhões ou R$ 36,6 milhões

Divulgação/Pagani
Divulgação/Pagani

A ª colocação vai para o Pagani Codalunga. O modelo é uma versão traseira mais esticada, utilizada como um recurso aerodinâmico. Entre os destaques, estão as portas gaivotas, que abrem para cima e imitam as asas. O esportivo, aliás, é uma série limitada em cinco unidades. Dessa forma, quem se interessou teve que investir uma boa quantia de quase R$ 37 milhões (na conversão). Sob o capô, o modelo exclusivo conta com um motor V12 biturbo 6.0 que entrega até 840 cv de potência e 110 mkgf de torque. Já a transmissão é sequencial de 7 velocidades.

Rolls-Royce Droptail: US$ 30 milhões ou R$ 148,5 milhões

Divulgação/Rolls-Royce
Divulgação/Rolls-Royce

Por fim, o primeiro lugar (merecido) da lista vai para o Rolls-Royce Droptail. Até então, o modelo que ocupava essa posição era também um carro da marca, o Boat Tail, que estava avaliado em US$ 28 milhões. Ou seja, cerca de R$ 137 milhões. No entanto, a fabricante britânica conseguiu se superar com o Droptail, que foi lançado oficialmente em 2023, terá quatro modelos (até então). Todos, aliás, feitos exclusivamente de acordo com o gosto do cliente.

A primeira versão do Droptail que ficou pronta é a La Rose Noire, que tem a pintura inspirada em uma roda francesa. Com espaço para dois ocupantes, o modelo é muito luxuoso e traz algumas exclusividades como, por exemplo, um relógio sob encomenda da marca Audemars Piguet. Além disso, tem até mesmo uma geladeira. Sob o capô, traz um motor V12 que entrega 601 cv e 65,7 mkgf. Dessa forma, consegue acelerar de 0 a 100km/h em menos de 5 segundos e atinge velocidade máxima de 250 km/h.


Siga o Jornal do Carro no Instagram!

O Jornal do Carro está no Youtube

Inscreva-se
Aceleramos o Defender 110 PHEV, que roda 51 km em modo elétrico
Newsletter Jornal do Carro

Complete seu cadastro para receber as últimas notícias do Jornal do Carro diretamente no seu e-mail.

Campo obrigatório
Campo obrigatório
Cep inválido
CPF/CNPJ inválido
Telefone inválido
Tudo certo!

Seu cadastro foi enviado. Em breve você receberá as últimas notícias do Jornal do Carro diretamente no seu e-mail.