Redação:

Volvo é a terceira marca premium mais vendida e supera a Audi

Volvo fechou o semestre na frente da Audi como terceira marca premium mais vendida; BMW ainda lidera o grupo

volvo
SUVs puxam as vendas da Volvo para superar a Audi Crédito: VOLVO

Com o fechamento do semestre, os segmentos vão mostrando quem se deu bem, mesmo em meio a pandemia do novo coronavírus. Com concessionárias fechadas e atendimento por meios digitais, as vendas caíram, mas teve gente que conseguiu melhorar o resultado, como foi o caso da Volvo entre as marca premium.

A marca sueca conseguiu superar a Audi na disputa pelo terceiro lugar. Apesar de ser pequena a diferença, foram 28 carros mais, a Volvo fechou o semestre com a terceira posição. Foram 2.690 unidades emplacadas pela Volvo contra 2.662 da Audi. Os dados são Fenabrave – Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores.

Os destaques de venda da sueca são os SUVs, dois em especial: XC40 e XC60. O compacto e o médio emplacaram 1.044 unidades e 1.092 unidades, respectivamente. Vale lembrar que o XC40 recentemente ganhou uma versão híbrida no País. Leia mais.



Inscreva-se no canal do Jornal do Carro no YouTube

Veja vídeos de testes de carros e motos, lançamentos, panoramas, análises, entrevistas e o que acontece no mundo automotivo em outros países!

Inscrever-se

Híbridos são quase metade das vendas da Volvo

Segundo o diretor geral da Volvo Cars, João Oliveira, a meta agora é buscar a segunda colocação até o final do ano. Para isso, a empresa conta com os dois modelos que já foram destaque para tentar atingir a meta de até 8 mil unidades no final do ano. Em 2019, empresa fechou o ano com 7,9 mil unidades, o que já foi um recorde.

As variantes híbridas dos modelos à venda no País já representam 43% das vendas da Volvo. Hoje, além do recém-chegado XC40, há opções híbridas para o XC60 e XC90. Os sedãs S60 e S90 são vendidos exclusivamente em versões com motorização híbrida, mesclando motores a combustão e elétricos. A meta é vender apenas híbridos no País até o final de 2021.

Os dois sedãs emplacaram 151 unidades e 15 unidades, respectivamente no primeiro semestre. As vendas são baixas e hoje representam 15% do total de emplacamentos da companhia no País. A expectativa de Oliveira é que a demanda pelo sedã médio S60 cresça gradualmente entre o segundo semestre e 2021.

VOLVO

Ofertas exclusivas

Veja todas as condições especiais

Notícias relacionadas


Ofertas 0KM

Mais ofertas

Mais ofertas exclusivas

Veja todas as condições especiais