Linha Touring 2020 da Harley-Davidson ganha mais tecnologia

Eletrônica avançada da Harley-Davidson inclui rastreador, assistente de partida em rampa, freio ABS em curvas e controle de tração

harley-davidson
H-D CONNECT ROAD Crédito: HARLEY-DAVIDSON/DIVULGAÇÃO

A Harley-Davidson apresentou a linha 2020 sem grandes novidades. Ainda assim, a marca adicionou mais tecnologia e conectividade para suas motocicletas da linha Touring – a de topo – destinada a viagens.

Batizado de Reflex Defensive Rider Systems (RDRS), nos Estados Unidos, o pacote de tecnologia é de série para os modelos da divisão CVO (Custom Vehicle Operation) e os preparados para a polícia. Além da elétrica Livewire. No restante da linha Touring ele é um opcional. O H-D Connect Service é de série para toda a linha e inclui um chip 4G para conectar a moto ao sistema de armazenamento em nuvem. A Harley-Davidson do Brasil não confirma a chegada da linha 2020 com esses itens.

O RDRS inclui cinco itens. Monitoramento de pressão dos pneus e assistente de partida em rampa. E mais freios ABS melhorados e combinados com função de curva, controles de tração e de deslizamento.

O sistema de freios combinados para uso em curva (C-ELB) aplica força nas duas rodas sempre que o manete ou o pedal de freio é pressionado. Ele leva em conta a inclinação da motocicleta para aplicar a pressão ideal sem tirar a moto da trajetória. Ele ainda pode desligar ou reduzir a função do sistema combinado em baixas velocidades. O (C-ABS), que é uma adição que faz o ABS também trabalhar conforme a inclinação da moto.

O controle de tração (C-TCS) previne que a roda traseira gire mais rápido que a dianteira em acelerações em linha reta ou em curvas. Ele tem dois modos: o normal, para piso seco e o chuva, para piso molhado. Ele também pode ser desligado.

O controle de deslizamento limitado (DSCS) foi projetado para reduzir o travamento da roda traseira em reduções de marchas e desacelerações. Em outras motos ou marcas é chamado de controle de freio motor, pois atua nesse sistema para reduzir a força do torque.

Já o assistente de partida em rampa (VHC) segura o freio depois de aplicado. Ele evita que a moto entre em movimento voltando para trás em uma subida. Ele se mantém acionado até que o acelerado seja aberto e a embreagem liberada, o que significa que o piloto deseja arrancar. Em piso plano, ele também pode atuar quando a motocicleta está parada, para que não seja preciso ficar acionando o pedal ou manete.

O leitor de pressão nos pneus mostra na central multimídia qual a pressão atual e um alerta caso a pressão esteja abaixo do ideal, indicando uma necessidade de conferência dos pneus. Todos esses sistemas funcionam também para o Trike (triciclo) que volta à linha 2020, porém, ao invés de ler a inclinação da moto lê a aceleração lateral para que os sistemas funcionem.

VEJA IMAGENS DA CVO LIMITED QUE CUSTA MAIS DE R$ 170 MIL:

Harley-Davidson Connect Service

O sistema de conexão das motos Touring funciona através de um aplicativo para celular. Ele permite controlar uma série de funções à distância. Item de série para toda a maior parte da linha Touring 2020 (exceto Road King e Electra Glide) e a LiveWire.

Pelo sistema é possível verificar o status da voltagem da bateria. Nível de combustível, autonomia, pressão do pneus e estatísticas do computador de bordo, modo de pilotagem e se há atualizações do software da central multimídia. Na LiveWire há ainda a função de encontrar pontos de recarga e – enquanto recarrega – acompanhar o processo.

Além disso, o sistema alerta caso a moto seja movida ou alguém a tire do suporte. O sistema de segurança é ativado e envia um alerta para o celular do proprietário. Se ela for colocada em um caminhão, por exemplo, o sistema começa a rastrear a moto mostrando a localização exata. Por fim, o aplicativo mostra alertas sobre a necessidade de revisão ou outras manutenções na moto.

harley-davidson
HARLEY-DAVIDSON


Ofertas 0KM

Mais ofertas

Mais ofertas exclusivas

Veja todas as condições especiais


Notícias relacionadas