Emily Nery, para o Jornal do Carro

13/05/2021 - 8 minutos de leitura.

Nova Honda CRF 1100L Africa Twin chega em julho com quase 100 cv de potência

Com tabela de até R$ 96.490, Big Trail traz motor maior de 1.100 cc e 99,3 cv, câmbio de dupla embreagem e quatro modos de condução

Honda CRF 1100 Africa Twin
Honda CRF 1100 Africa Twin Crédito: Divulgação/Honda
Carro

Vai comprar um 0km? Nós te ajudamos a escolher.

Revelada no exterior em 2019, a nova Africa Twin finalmente chega ao Brasil a partir de R$ 70.490. Disponível em duas versões, a segunda geração da Big Trail muda a nomeclatura para CRF 1100L por causa do maior motor, que é mais potente e gera mais torque em baixas e altas rotações.

Completamente nova desde o chassi, a motocicleta importada do Japão estreia no Brasil com nomes longos. A primeira se trata da CRF 1100L Africa Twin e a segunda, com apelo esportivo, chama-se CRF 1100L Africa Twin Aventure Sports ES (que já testamos na Itália).

Honda CRF 1100 Africa Twin
Divulgação/Honda

Novo motor

O propulsor bicilíndrico cresceu de 998 cm³ para 1.084 cm³, e, por isso, a nomenclatura passou de CRF 1000L para CRF 1100L. Como consequência, a potência subiu de 88,9 cv para 99,3 cv. E o torque aumentou de 9,5 mkgf para 10,5 mkgf a 6.000 rpm, com melhorias em baixas e médias rotações.

Atrelado ao novo motor há dois tipos de transmissão. A primeira se trata do câmbio convencional que foi atualizado e está 2,5 kg mais leve. Já o segundo câmbio é um automatizado de dupla embreagem (DCT).

Honda CRF 1100 Africa Twin
Divulgação/Honda

Por sua vez, as duas versões da CRF 1100L possuem tanque de combustível de 18,8 litros. Mas quem optar por um tanque um pouco maior, deverá escolher entre a CRF 1100L Adventure Sports ES ou a CRF 1100L Adventure Sports ES DCT, cujos reservatórios recebem até 24,8 litros.

Em média, a Big Trail está cerca de 10 kg mais leve, graças às alterações nos materiais do motor, na suspensão e também a atualização no chassi de aço, que agora leva um subchassi de alumínio acoplado a ele.

Honda CRF 1100 Africa Twin Adventure Sports ES
Honda CRF 1100 L Aventure Sport ES Divulgação/Honda

Visual

Ambas passaram por uma grande repaginada no visual. A Honda afirma que o visual herdou muito da bicampeão do rali Dakar, a CRF 450 Rally.

Assim, receberam luzes diurnas, conjunto ótico completo em LED, bem como destaques visuais que reforçam sua personalidade. A linha também está mais fina e levemente vertical. O guidão está 2,2 cm mais alto, o banco foi redesenhado e é 4 cm mais estreito, e a altura em relação ao solo é ajustável em 850 mm ou 870 mm.

Divulgação/Honda

De acordo com a versão escolhida, as novas rodas de alumínio de 21 e 18 polegadas trazem novas bandas de rodagem e novo desenho.

O para-brisa da versão de entrada é fixo e baixo, mas na versão Adventure Sport ES o componente oferece regulagem com cinco posições.

O quadro de instrumentos TFT é sensível ao toque, mesmo com o uso de luvas, e tem 6,5 polegadas. O display oferece conexão com Apple CarPlay e Android Auto via Bluetooth ou cabo USB, e permite escolher um entre quatro modos de condução.

Divulgação/Honda

Ajustes eletrônicos

O sistema eletrônico da nova Africa Twin dispõe de programa com quatro modos de condução. São eles: Urban, Tour, Gravel e Off-Road. A depender da escolha do proprietário, os ajustes podem alterar a tração da moto, as respostas do acelerador, a atuação dos freios ABS, bem como a função antiwheeling, que evita que a moto empine em acelerações mais fortes.

Além disso, a Honda fornece a criação de dois perfis distintos para personalizar os modos de condução. Eles podem ser configurados diretamente no display do quadro de instrumentos.



Tecnologias e segurança

O “cérebro” por trás dessas configurações, na verdade, fica no centro da moto e chama-se IMU (Unidade de Medição Inercial). O dispositivo lê parâmetros relativos à altura, inclinação em curva, velocidade das rodas, abertura do acelerador e rotação do motor. Além disso, consegue identificar características do percurso, como aclives, declives e curvas.

Dessa forma, o IMU permite a mudança de comportamento da moto conforme o modo de condução. O sistema consegue ainda gerenciar todas as tecnologias de segurança e assistência ao piloto, tais como os freios ABS traseiros, a função antiwheeling, controle de tração HSTC, controle de velocidade, rear lift control (limita o levantamento da roda traseira em frenagem), por exemplo.

Africa Twin Adventure Sports ES Divulgação/Honda

Africa Twin Adventure Sports ES

Além das mudanças estéticas em relação à Africa Twin regular, a mais off-road adota suspensões de controle eletrônico Showa EERATM — por isso a sigla “ES”. Como resultado, o conjunto fornece maior conforto em baixas velocidades e estabilidade em velocidades elevadas. Para fechar o pacote de exclusividades, os pneus desta configuração não tem câmara de ar.

Preços

A Honda começa hoje a aceitar reservas para a CRF 1100L, cujos valores iniciam em R$ 70.490. A previsão, portanto, é de que as versões com câmbio convencional cheguem até julho. Em agosto, as configurações com câmbio de dupla embreagem chegam as concessionárias. Veja os preços abaixo:

Câmbio regular

  • CRF 1100L Africa Twin (preto fosco ou vermelho): R$ 70.490
  • CRF 1100L Africa Twin Adventure Sports ES (branca): R$ 90.490

Câmbio automatizado de dupla embreagem

  • CRF 1100L Africa Twin DCT (vermelho): R$ 76.804
  • CRF 1100L Africa Twin Adventure Sports ES DCT (branca): R$ 96.626

Inscreva-se no canal do Jornal do Carro no YouTube

Veja vídeos de testes de carros e motos, lançamentos, panoramas, análises, entrevistas e o que acontece no mundo automotivo em outros países!

Inscrever-se

Notícias relacionadas


Ofertas 0KM

Mais ofertas

Mais ofertas exclusivas

Veja todas as condições especiais